top of page

Alvíssaras

SÃO GONÇALO DE AFETOS


Por Paulinho Freitas

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Li com imensa alegria esta exclamação no Jornal Daki na reportagem sobre o comportamento da sociedade sobre a PL 1904. A mesma sociedade dividida sobre temas polêmicos como covid, vacinas, medicamentos alternativos, cotas raciais nas universidades e muitos outros temas, vêm agora de forma uniforme empurrar a ignorância para o seu devido lugar. Até aqueles defensores ferrenhos da pestilenta PL já estão saindo pela tangente com aquela frase de “marido que fez merda”: _ Não é bem assim, eu posso explicar..., não.


Não pode. Não tem como! 


O gigante começa a acordar e só na espreguiçada já empurrou um montão de gente pras cordas, sem chance de reação. A tendência é o engavetamento desta aberração. Assim espero e creio. 



Fora esta matéria, vejo outras PLs ensaiando um pé na porta da democracia, mas já viram que não será tão fácil assim aniquilar a intenção de se fazer uma sociedade com direitos e deveres para todos e punição para quem a merece, sem distinção. O País começa a dar sinais de que os “ispritus” das profundezas começam  a ver que ainda temos luz aqui.


Que voltem para o lugar escuro de onde foram libertos pelos que se dizem autorizados pelo criador para conduzir seu povo. Os sinais não são tão evidentes quanto queríamos, mas a bocejada pode ser forte o bastante para empurra-los para lá. Depende de nós. 


O Brasil já está vivendo o início das discussões que vão agitar as eleições municipais que vão acontecer no final do ano. Espero que esta eleição dê o ponta pé inicial da volta por cima na luta por um país sem miseráveis, tendo a cultura e a educação como pilares de uma grande nação. Depende de nós, volto a dizer. 


Espero também, ler num futuro próximo, muitas e muitas vezes:


ALVÍSSARAS! ALVÍSSARAS! ALVÍSSARAS! 


Depende de nós! 


Nos siga no BlueSky AQUI.

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.


Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


Paulinho Freitas é sambista, compositor e escritor.

 

 


POLÍTICA