top of page

Ambíguo, bozo nem defende e nem condena gado nas estradas

Por Helcio Albano

Quem será o homem da careta/Foto: Reprodução Twitter
Quem será o homem da careta/Foto: Reprodução Twitter

E o bozo falou. Depois de mais de 48 horas isolado na solidão da derrota no Alvorada, o excrementíssimo falou as groselhas de sempre, citou lateralmente as manifestações do gado nas estradas, mas não defendeu e nem condenou os arruaceiros. Muito pelo contrário.


O (anti) posicinamento do mito acabou causando um tilt no que restou de massa encefálica dos seus fanáticos apoiadores, que não sabem se continuam ou não pagando de otário ao vivo pra toda a imprensa brazuca e internacional.


E haja delírio! Em diversos bloqueios golpistas em Santa Cataria e Rio Grande do Sul houve comemoração por prisão inexistente do ministro Alexandre de Moraes. A turba, enrolada em bandeiras do Brasil e de Israel fornecidas pelo veio da Havan, celebrava em êxtase o cumprimento do art. 142 e o triunfo da intervenção militar patriótica. Que loucura, bicho!



E para desancar a imaginação do mais doidaço dos roteiristas de cinema, quem acabou dispersando os bloqueios nas principais rodovias do país foram as torcidas Galoucura e Gaviões d Fiel. Ou seja, em vez da Polícia, foram as aves que devolveram o gado ao seu curral. Taquopariu, mermão!


Depois de pouco mais de 2 minutos de groselha, o ser nojento deixou para o seu ministro do centrão, Ciro Nogueira, dizer que tudo bem, tudo tranks, que a transição começa na próxima quinta (3) comandada por Geraldo "Chuchu" Alckmin a pedido do presidente eleito Lula. Soube-se depois que o bozo foi pedir penico no STF.


That's all folks!


Siga @helcioalbano

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Helcio Albano é jornalista e editor-chefe do Jornal Daki.


POLÍTICA