top of page

Amor: ônus ou bônus da vida? - por Rofa Araújo


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

É preciso estar disposto a se entregar a esse sentimento para lá de exigente, porém delicioso. Alguns não tem coragem de se entregar a ele e ficam à mercê da solidão e do desamor. Vive em busca de algo que o complete e não se dá conta que o que falta chama-se AMOR.


Muitos têm ou acham que têm tudo na vida. Possuem dinheiro e pensam que podem comprar a tudo e a todos. E, com o tempo, percebe que não é bem assim. Sentimentos não estão à venda e estão de graça esperando quem os quer receber ou se dedicar e ele.



Tudo na vida possui seu ônus e bônus. Algumas pessoas têm medo de arcar com os ônus e prefere também não ter os bônus que o sentimento proporciona. A vida é um grande equilíbrio como viver na corda bamba de uma malabarista. Quem tem medo de cair também não conseguirá chegar ao outro lado e viver momentos felizes.


E você? Quer viver triste e reclamando pelos cantos e reclamando de Deus ou com o AMOR criado por Ele e que nunca sai de moda... nem do coração?


Um forte abraço do Rofa!

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Rofa Araujo é jornalista, escritor (cronista, contista e poeta), mestre em Estudos Literários (UERJ), professor, palestrante, filósofo e teólogo.