top of page

Anitta dispensa métodos anticoncepcionais e responde se pretende ter filhos

Cantora deu entrevista onde falou mais sobre o "controle" da maternidade

Foto: Reprodução/Youtube
Foto: Reprodução/Youtube

Em uma nova entrevista internacional, a cantora Anitta revelou que dispensou métodos anticoncepcionais, como dispositivo intrauterino (DIU) e pílulas, e refletiu sobre se e quando pretende se tornar mãe.



“Era uma loucura com os hormônios, porque a vida nunca era estável”, disse a estrela sobre os métodos usados ao podcast “On Purpose with Jay Shetty” divulgado nesta segunda-feira (13). “Era como uma montanha-russa, loucura. Meu corpo não recebia isso bem.”


Na entrevista, Anitta disse que tais métodos afetavam sua disposição, além de causar perda de cabelo e mudanças na pele e humor.


“Eu pensava que não é algo natural, sabe? E não é justo se você parar pra pensar, né. Por que apenas a mulher precisa sofrer nessa situação? Precisa ser uma decisão dos dois lados, prevenção e cuidado dos dois. Não deveria ser responsabilidade apenas da mulher. Se fosse o homem engravidando, seria muito diferente. As leis seriam diferentes. Os métodos seriam diferentes”, refletiu a cantora.


A estrela, então, disse que hoje em dia recorre a apenas camisinhas como método para prevenir gravidez e possíveis doenças.



“Hoje em dia, uso apenas camisinhas. Elas existem por um motivo, e rezo para Deus, falo com o universo para avisar quando será o momento. Eu consigo sentir, sabe?”, declarou.

Sobre ter filhos, enfatizou que espera a “pessoa certa”.


“Acho que quando você se comunica com o universo, dá certo. Eu falo para o universo que, quando achar que for o momento, para mandar a pessoa ideal para ser o pai ou mãe dos meus filhos, aí eu estarei pronta. Mas preciso que o universo me diga. Escrevo muito o que eu quero de acordo com os ciclos lunares”, comentou.


*Com informações CNN


Nos siga no BlueSky AQUI.

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.



POLÍTICA