top of page

Arroz importado deverá ser vendido até R$ 4 o quilo

A medida do governo federal visa evitar especulação de preços e garantir estoques públicos

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) informou, nesta quarta-feira (15), que o arroz importado pelo governo será vendido por até R$ 4 o quilo. A compra será realizada por meio de leilões públicos com parceiros do Brasil no Mercosul, como Paraguai, Uruguai e Argentina. O primeiro leilão visa adquirir 104 mil toneladas de arroz para estados como São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.


“O arroz que vamos comprar terá uma embalagem especial do governo federal e vai constar o preço que deve ser vendido ao consumidor”, disse o presidente da Conab, Edegar Pretto. Essa ação é parte de uma medida provisória que liberou a importação de até 1 milhão de toneladas do grão devido às enchentes no Rio Grande do Sul.


O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, destacou que a medida visa evitar especulação de preços e garantir estoques públicos, assegurando que não há risco de falta de arroz no país. O primeiro leilão está agendado para a próxima terça-feira.


“A maior parte da safra está colhida, temos arroz no Brasil, mas também temos gente que se aproveita deste cenário de tragédia para propagar a desinformação, o pânico nas pessoas”, disse Fávaro, em entrevista ao G1.


De DCM.


Nos siga no BlueSky AQUI.

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.


Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

POLÍTICA