top of page

Bolsonaro tem 15 dias pra provar fraude em eleições

Por *Maria de Lourdes Nogueira

O Rolé de hoje começa com O Fluminense. Na noite desta terça (22), um casal foi encontrado morto, em um apartamento no Leblon, Zona Sul. Os corpos de Matheus Correia Viana e de Nathalia Guzzardi Marques, ambos de 30 anos, estavam no box do banheiro de um imóvel na Rua Bartolomeu Mitre. De acordo com informações preliminares, eles podem ter sido vítimas de um vazamento de gás, pois o aquecedor de água fica dentro do cômodo.


Pelo Toda Palavra, uma operação conjunta do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) e da Polícia Civil cumpriu nesta quarta-feira (23) mais de 80 mandados de prisão preventiva contra acusados de tráfico de drogas na capital e no sul fluminense. Segundo denúncia do MP-RJ, foi identificada uma organização criminosa que se divide em seis núcleos, cada um atuando em um município diferente: Rio de Janeiro, Barra Mansa, Volta Redonda, Barra do Piraí, Angra dos Reis e Resende.


Agentes do Sindicato de Trabalhadores de Asseio e Conservação (Sintacluns), que representam funcionários da Companhia Municipal de Limpeza Urbana de Niterói (Clin) e da empresa pública de engenharia ambiental (Econit) manifestaram na manhã desta quarta-feira (23) buscando o reajuste salarial referente aos anos de 2021 e 2022. Da Prefeitura de Niterói eles se dirigiram às Barcas com o objetivo de protestar e chamar a atenção dos governantes do município para o pedido de reajuste salarial. Eles utilizaram palavras de ordem e um carro de som (O São Gonçalo).


No A Tribuna, o presidente da República Jair Bolsonaro tem um prazo de 15 dias para apresentar ao Tribunal Superior Eleitoral evidências concretas que a eleição de 2018 foi fraudada. O prazo foi concedido pelo corregedor-geral do TSE, Luís Felipe Salomão. O presidente acredita que ele foi eleito ainda no primeiro turno, por isso que Bolsonaro é a favor do voto impresso sob o argumento de que o sistema de votação por urnas eletrônicas permite fraude. O objetivo, de acordo com o tribunal, é aperfeiçoar o sistema para as eleições de 2022.


Encerrando o Rolé de hoje com o Plantão Enfoco. A Prefeitura de Niterói liberou nesta quarta-feira (23), apresentações de músicas ao vivo em espaços privados. A medida foi publicada pelo Diário Oficial do Município. Apesar disso, medidas de prevenção devem ser seguidas, sendo proibida a abertura de espaço específico para pista de dança, evitando a ocupação dos corredores ou a circulação entre as mesas.


*Estagiária.


POLÍTICA