top of page

Bozo cometeu crimes em série no 7S. E agora, como que fica? - por Helcio Albano


No flagrante, o presidente de Portugal pensa: "Que que tô fazendo aqui?"
No flagrante, o presidente de Portugal pensa: "Que que tô fazendo aqui?"

O "day after" do 7S pra quem se agarra à decência e ama a moralidade e legalidade (n)das coisas é como continuar preso a um limbo e pesadelo eternos. Mas para o criminoso maior da nação, é mais um dia a se refestelar dos produtos de sua ação vil e criminosa bancada com dinheiro público.


Toda gente decente desse país (AQUI e AQUI), juristas renomados de direita, esquerda e isentões, aponta para os crimes de abuso de poder político e econômico cometido pela besta e súcia de bandidos.


Promotores, procuradores e juízes de diversas cortes, desde TREs locais até o TSE e STF, vão além, e afirmam que o coisa ruim também incidiu em vários crimes de responsabilidade, ao sequestrar um símbolo nacional, a Independência, e uma data cívica, o 7 de Setembro, para fins políticos e eleitorais.



Mas enfim, porquanto, nada deve acontecer com o miserável. Pelo menos por enquanto. Porque impera um consenso entre todos que é exatamente isso que a excrescência deseja. E, assim como uma criança mimada e malcriada que faz arte no shopping pra chamar atenção e causar constrangimento aos pais, será levado pra casa para só aí ter a punição que merece. Ou seja, após as eleições. O Brasil e suas instituições chegaram a esse nível de loucura e degradação.


Nos cálculos cínicos dos "iluminados", não se pode interditar a desgraça agora porque o seu gado pode reagir com violência e tumultuar as eleições. Tá certo. Porém, todavia: e se o maldito vence as eleições? Como fica?


Bem, a gente sabe...


Siga @helcioalbano

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Helcio Albano é jornalista e editor-chefe do Jornal Daki.


POLÍTICA