top of page

Câmara de SG terá mulher negra como vereadora

Janilce Magalhães assume vaga no lugar do Prof. Josemar (Psol) eleito deputado estadual

Janilce em campanha na Feira de Neves/Foto: Reprodução
Janilce em campanha na Feira de Neves/Foto: Reprodução

Vai ter mulher preta sim, senhor! na Câmara de Veredores de São Gonçalo. A mãe e avó Janilce Magalhães, de 50 anos, formada em Biblioteconomia (UFF) e Turismo (UFRRJ), assume pelo Psol, a partir de fevereiro de 2023, uma vaga na Casa Legislativa gonçalense no lugar do correligionário de partido Prof. Josemar, eleito deputado estadual no último domingo (2).


Janilce ajuda a ampliar a presença feminina numa Câmara majoritariamente masculina ao lado das futuras colegas Priscilla Canedo (PT) e Mariângela Valviesse (PL).


Nesta segunda (03), Janilce parabenizou a vitória de Josemar nas suas redes sociais e prometeu da continuidade aos trabalhos "sendo aguerrida e combatente".



Parabenizo o querido professor Josemar pela sua luta e vitória. Irá nos representar agora merecidamente como deputado estadual. Que você seja gigante lá como é por aqui e represente muito nossa cidade e povo. Estarei daqui dando continuidade nos trabalhos e sendo aguerrida e combatente”, escreveu Janilce que também parabenizou a deputada federal Talíria Petrone pela reeleição, de quem é assessora parlamentar.


E finalizou lembrando de suas raízes:


“Agradeço a Deus, aos meus ancestrais, a todas que vieram antes de mim e abriram caminhos e possibilidades. Hoje serei eu a abrir caminhos para que outras pretas possam pisar. A preta é vereadora de São Gonçalo. 2023 é nossa vez na Câmara”, finalizou.


Janilce Magalhães, que é primeira suplente do Psol, obteve 508 votos nas eleições de 2020.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


POLÍTICA

KOTIDIANO