top of page

Castro comemora aniversário com festança para 2 mil pessoas

Evento grandioso com shows de Alcione e Belo no Jockey Clube do Rio não teve fonte pagadora divulgada, segundo jornal


Reprodução/ Instagram
Reprodução/ Instagram

Brasil de Fato - Na noite da última terça-feira (29), o governador do Rio de Janeiro Cláudio Castro (PL) comemorou o aniversário de 43 anos com uma grandiosa festa, com bebidas caras, doces finos e shows de diversos artistas para dois mil convidados.


No cardápio: camarões, whisky e vodka. Entre a programação de shows, Alcione, MC Koringa e Leozinho, o cantor de pagode Mumuzinho e a bateria da Grande Rio.


A festa foi realizada no Jockey Clube do Rio e não teve valores e fonte pagadora divulgados. Segundo reportagem do jornal O Globo, para quem perguntava a identidade do financiador era respondido que tudo foi pago pelos secretários, que fizeram uma "vaquinha em gratidão ao governador".


Ainda de acordo com a reportagem, o senador Flávio Bolsonaro (PL), um dos convidados, monopolizou os olhares até a chegada do anfitrião. Cercado por assessores e seguranças, vestido de blazer e fumando um cigarro eletrônico, Flávio foi um dos poucos a receber um abraço de Castro na chegada ao evento e se recusou a responder à imprensa se indicaria o vice.


Entre os políticos convidados, alguns dos principais apoiadores de Castro estiveram presentes. Como o filho caçula do ex-governador Sérgio Cabral, Marco Antônio Cabral (MDB), o ex-presidente da Alerj, Paulo Melo (PRP), o prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis (MDB).


O também pré-candidato ao governo, Felipe Santa Cruz (PSB), e o presidente da Assembleia Legislativa, André Ceciliano (PT), que arrumaram um espaço em suas agendas, apesar da presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no Rio.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.



POLÍTICA