top of page

Com inflação mais baixa, teto para aposentadorias do INSS terá menor reajuste desde 2019

Beneficiários que recebem acima do salário mínimo têm pensões ou aposentadores reajustadas pelo INPC, que ficou em 3,71% em 2023


Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil
Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil



O teto para pensionistas e aposentados do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) pode chegar a R$ 7.786 em 2024, contra R$ 7.507 em 2023.


Os valores são reajustados anualmente pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que acumulou alta de 3,71% de janeiro a dezembro de 2023, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (11).


Essa é a menor variação desde 2018 para o INPC e, portanto, será o menor reajuste para os benefícios acima do mínimo desde 2019 – os reajustes são com base no INPC do ano anterior.


O reajuste será aplicado a partir de 1º de fevereiro. Mas, para quem começou a receber o benefício em 2023, o valor será proporcional ao INPC acumulado no período.


Atualmente, a Previdência atende a 39 milhões de beneficiários, dos quais 26 milhões recebem o salário mínimo, que será de R$ 1.412 em 2024.



O novo valor do salário mínimo entrou em vigor em 1º de janeiro. Ou seja, quem recebe benefícios vinculados a esse valor, como o seguro-desemprego e o Benefício de Prestação Continuada (BPC), já recebe o total reajustado no início de fevereiro.


O calendário de pagamento a aposentados e pensionistas do INSS foi divulgado pelo instituto ainda no final de dezembro. O pagamento é feito de acordo com o último número do cartão do benefício, sem contar com o dígito verificador depois do traço.


Para quem recebe até um salário mínimo, o pagamento de janeiro, já reajustado, será feito entre os dias 25 de janeiro e 7 de fevereiro, de acordo com o número final.


Já quem recebe acima do piso nacional terá o pagamento de janeiro disponibilizado em 1º de fevereiro.



Como consultar os valores


Central 135 – quem não tem acesso à internet pode ligar para 135, informar o número de CPF e confirmar algumas informações cadastrais. O atendimento é feito de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h

Site Meu INSS – basta acessar o endereço https://meu.inss.gov.br/, fazer login e clicar no serviço “Extrato de Pagamento”

Aplicativo Meu INSS – para ter acesso, é preciso baixar o aplicativo, disponível para Android e IOS, e fazer login


*Com informações G1


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI 

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.