top of page

CPI mista dos ataques de 8 de janeiro será instalada na quarta (26)

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, garantiu instalação do colegiado; bolsonaristas invadiram reunião de líderes para causar tumulto

Arruaceiros tumultuaram reunião/Foto: Reprodução Vídeo
Arruaceiros tumultuaram reunião/Foto: Reprodução Vídeo

O presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), garantiu nesta terça-feira (18) que vai instalar a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) articulada por bolsonaristas para apurar os ataques às sedes dos Três Poderes em 8 de janeiro na próxima semana.


A decisão de instalar a CPMI foi anunciada depois de reunião com lideranças do Senado e da Câmara que durou mais de duas horas. Em geral, esse tipo de encontro fica restrito aos líderes, sem a presença de parlamentares que não ocupam a função.



Como o decoro não é o forte da turma bolsonarista, vários parlamentares de oposição invadiram a reunião. Entre eles os deputados Eduardo Bolsonaro (PL-SP), Nikolas Ferreira (PL-MG), Bia Kicis (PL-DF), Julia Zanatta (PL-SC) e André Fernandes (PL-CE). Depois da baderna, a Presidência do Senado autorizou a entrada dos bolsonaristas na reunião.


Em entrevista após a reunião de líderes, Pacheco informou que a leitura do requerimento de criação da CPI mista ocorrerá na próxima quarta-feira (26).


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso canal do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


POLÍTICA

KOTIDIANO