top of page

Dez bairros recebem sanitização contra coronavírus esta semana em São Gonçalo

Vigilância Ambiental realiza levantamento sobre proliferação do Aedes aegypti


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde e Defesa Civil da Prefeitura de São Gonçalo realiza, nesta semana (entre os dias 25 e 29 de setembro), o Levantamento de Índice Rápido de Aedes aegypti (LIRAa) – mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Por este motivo, não haverá o serviço de pulverização de inseticida. A ação de sanitização contra o coronavírus vai acontecer, normalmente, em dez bairros.

O Liraa é a metodologia recomendada pelo Ministério da Saúde e serve para mostrar o risco de contaminação das doenças, principalmente da dengue, através do Índice de Infestação Predial (IIP). As visitas aos imóveis são realizadas pelos agentes da Vigilância em Saúde Ambiental da Semsa. Para não prejudicar a amostragem, a pulverização de inseticida não pode acontecer.

O levantamento permite saber a quantidade de casas com a presença de larvas de mosquito. A pesquisa também mostra os recipientes preferidos para a postura das larvas. As informações ajudam nas ações de pulverização de inseticida que acontecem semanalmente, além de outros meios de prevenção da doença.

É necessário que a população colabore com os meios de prevenção em relação às doenças. Bem como, ajudando no combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti, evitando qualquer acúmulo de água, por menor que seja, nas casas e quintais.



Coronavírus - Para combater o coronavírus, a população deve tomar as doses das vacinas disponíveis para os gonçalenses com mais de seis meses e higienizar – sempre que possível – as mãos com água e sabão ou álcool em gel. Este hábito evita muitas outras doenças, principalmente as respiratórias.

A Vigilância em Saúde Ambiental mantém um trabalho de pronto-atendimento. Qualquer cidadão pode ligar para o setor e pedir uma visita nos casos de infestação de qualquer vetor. Os pedidos são atendidos, em média, em uma semana. Nesses casos, os agentes averiguam a denúncia e realizam a ação necessária para acabar com os vetores. As denúncias podem ser feitas pelo telefone da Vigilância Ambiental (21) 3195-5198, ramal 1008 ou da Coordenação de Vetores (21) 2604-6446.

Programação do controle do coronavírus:

Segunda (25): Porto Novo e Mutuá


Terça (26): Porto da Pedra e Mutuaguaçu

Quarta (27): Camarão e Nova Cidade

Quinta (28): Barro Vermelho e Rocha


Sexta (29): Boa Vista e Trindade


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.