top of page

Em 2022, 7 crianças já foram baleadas no RJ

E mais: 'Não teve noite, só angústia', diz pai de menina baleada na saída da escola, Família busca por filho de empresário do samba desaparecido, CPI dos desaparecidos na Alerj propõe núcleo em SG, Transtorno alimentar requer cuidado multidisciplinar, diz associação


Alice Rocha, de 4 anos, foi baleada na cabeça quando voltava da escola, em Curicica Foto: Reprodução
Alice Rocha, de 4 anos, foi baleada na cabeça quando voltava da escola, em Curicica Foto: Reprodução

Começamos o Rolé desta quinta (2) com a lamentável notícia de que pelo menos sete crianças com 12 anos ou menos foram baleadas no RJ em 2022. Uma delas acabou morrendo. O caso mais recente foi o da criança Alice Rocha, de 4 anos.


Em janeiro deste ano, o menino Kevin Lucas dos Santos Silva, de 6 anos, morreu vítima de uma bala perdida na Rua Colombo, um dos acessos ao Morro da Torre, no bairro Inconfidência, em Queimados. Informações G1: Em 2022, 7 crianças já foram baleadas no RJ


E o sentimento de familiares da pequena Alice Rocha, de apenas 4 anos, baleada na cabeça na tarde desta quarta, é de esperança e fé. A criança foi atingida durante um confronto entre policiais civil e bandidos na saída da escola quando comprava uma pipoca com a mãe em Curicica, na Zona Oeste do Rio.


Seu estado de saúde é considerado gravíssimo. Muito abalado e aos prantos, o pai da menina disse que passou a noite em claro e angustiado, mas que confia na justiça de Deus para a recuperação da filha. O Dia noticiou: 'Não teve noite, só angústia', diz pai de menina baleada na saída da escola na Zona Oeste



Familiares e amigos buscam pelo paradeiro da adolescente Marcos Ibson Alves Nery Gama, 14 anos, que despareceu na manhã da última terça-feira, após sair do sítio da família, no bairro Campo Alegre, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.


O sumiço do rapaz tem mobilizado ainda pessoas do “mundo do samba”, já que o menor é filho do empresário Marcos Marcelo Nery Gama, de 45 anos, conhecido como “Gêmeos dos Fogos”. Vimos no São Gonçalo: Família busca por filho de empresário do samba desaparecido


E durante a quarta reunião da Comissão Especial de Pessoas Desaparecidas realizada nesta quarta, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) presidida pelo deputado estadual Danniel Librelon e que ouviu as Secretarias de Assistência Social de diversos municípios da Região Metropolitana, a coordenadora do Comitê para Erradicação do Sub-registro civil de nascimento do município de São Gonçalo divulgou que a cidade está perto de ganhar o Núcleo de Desaparecidos. Tá no Enfoco: CPI dos desaparecidos na Alerj propõe núcleo em São Gonçalo


Finalizamos o Rolé de hoje com a notícia que aborda o Dia Mundial de Ação dos Transtornos Alimentares, comemorado nesta quinta, tendo como foco este ano o movimento Cuidando de Quem Cuida.


A data foi criada em 2015 pela Academy for Eating Disorders, e seu objetivo principal é promover ações mundiais para conscientizar, sensibilizar e informar a população sobre os problemas relacionados a esses distúrbios. Em Agência Brasil: Transtorno alimentar requer cuidado multidisciplinar, diz associação

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.



POLÍTICA