top of page

'Eu ouço, eu esqueço; eu vejo, eu entendo; eu faço, eu aprendo'

Por Rofa Araújo

Foto: Reprodução/internet
Foto: Reprodução/internet


Esse provérbio chinês, também atribuído à Confúcio, possui sua enorme sabedoria, principalmente em tempos de IA (Inteligência Artificial) em que as pessoas querem “criar” textos e até imagens sem o menor esforço, com o auxílio da IA que não um robô, praticamente.

        

“Eu ouço, eu esqueço”. Quantas vezes ouvimos coisas por aí, não assimilados nem sequer prestamos atenção e já passamos adiante, de modo deturpado e ainda dizendo que a fonte foi em determinado local? Tudo porque, na verdade, ouvimos muitas coisas porque o nosso ouvido é dotado com a capacidade mecânica de fazer isso com os sons que chegam até ele, mas falta o “escutar” que é o prestar atenção para que o cérebro possa assimilar, realmente.

     



“Eu vejo, eu entendo”. Ao utilizarmos além do sentido auditivo, o da visão, tudo pode mudar radicalmente. Guardamos mais porque além de ouvir, pomos visualizar a informação escrita ou imagens. Se bem que, muitas vezes, em tempos em que é comum o repasse via redes sociais sem nem ao menos prestar a atenção porque não se viu direito, não há o entendimento de tudo que se vê nesse sentido.


“Eu faço, eu aprendo”. Isso é a pura verdade. Uma antiga máxima que “Somente se aprende fazendo” é corretíssima. Quem cursa uma faculdade e apenas com a teoria assimilada pode exercer a profissão sem um estágio ou mesmo quando é “jogado aos leões” é que aprende na prática? É uma pena que as empresas, também, queiram toda a experiência na entrada do empregado, sem nem ensinar ou passar por um período experimental. Quem realiza algo, “põe a mão na massa”, aprende com seus acertos e erros e ficará cada mais expert em sua área.



Por essas e outras que, o estudante, o profissional ou mesmo na vida no geral, é necessário não apenas ouvir e ver, mas principalmente fazer. Somente assim será possível aprender e viver cada vez melhor.          


Nos siga no BlueSky AQUI.

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


Rofa Araujo é jornalista, escritor (cronista, contista e poeta), mestre em Estudos Literários (UERJ), professor, palestrante, filósofo e teólogo.

POLÍTICA