top of page

Flup começa hoje no Rio reafirmando a literatura das periferias

Festival inicia sua 12ª edição nesta segunda (5/12) no Centro de Artes da Maré

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A 12ª edição da Festa Literária das Periferias (Flup) começou hoje (5) na cidade do Rio de Janeiro no Centro de Artes da Maré, na zona norte da cidade, e vai até o próximo domingo (11).


Entre as atrações da Flup deste ano estão as realizações de rodadas de poesia falada, também conhecidas como “slam”: o Slam Abya Yala (a Copa América da poesia falada), o Slam Coalkan (que reunirá indígenas de vários países das Américas) e o Slam BR (o campeonato brasileiro de slam).



A abertura terá uma revoada de balões biodegradáveis, na Biblioteca Popular Escritor Lima Barreto, localizada no Complexo da Maré, seguida por uma Fan Fest para assistir à transmissão ao vivo do jogo do Brasil.


Após o jogo, haverá cerimônia de saudação aos orixás e o lançamento da biografia Pai Santana – O Orixá do Futebol, lendário massagista do Vasco da Gama. O livro foi o último escrito por Ecio Salles, criador da Flup que morreu em 2019.


A partir das 20h30, estão previstos shows com os artistas Evy, Kamy e No Lance, além da apresentação da roda de samba do grupo Awurê.


A programação completa do evento pode ser conferida no site da Flup.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


POLÍTICA