top of page

Geração de empregos: Niterói tem pior resultado desde janeiro

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Governo Federal


Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

A Tribuna - A cidade de Niterói registrou, no mês de novembro deste ano, o pior resultado de geração de empregos desde janeiro de 2022. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Governo Federal.


De acordo com o painel do Caged, Niterói fechou o 11º mês de 2022 com um saldo positivo de 446 vagas de emprego. Foram registradas, na cidade, 5.364 admissões contra 4.918 desligamentos. Até então, o menor saldo positivo havia sido registrado em outubro, com 528 vagas abertas.


Já o pior resultado do ano, no geral, foi registrado logo no primeiro mês de 2022, em janeiro. Na ocasião, houve um saldo negativo de 319 vagas. Foi a primeira vez que Niterói teve mais desligamentos do que admissões desde abril de 2021, quando o saldo negativo foi de 11.



Por outro lado, a cidade de São Gonçalo registrou o segundo melhor resultado do ano. Em novembro de 2022, foram contabilizadas 3.241 admissões ante 2.421 desligamentos. Saldo positivo de 820 vagas abertas. O melhor resultado foi registrado no mês de junho, quando, segundo o Caged, foram abertas 1.078 vagas.


Embora Maricá também tenha apresentado o pior resultado do ano, a cidade manteve a escrita de manter saldo positivo em todos os meses de 2022. Em novembro, o município registrou 1.034 admissões contra 921 desligamentos. Isto representa saldo positivo de 113 vagas geradas no último mês.


Itaboraí começa a dar sinais de recuperação, após um mês de junho desastroso, no qual o saldo negativo foi de 1.479 vagas perdidas. Depois de apresentar quatro meses de estabilidade, a cidade fechou novembro com 948 admissões ante 744 desligamentos. O saldo positivo foi de 204 vagas criadas.


A cidade de Rio Bonito também está dando sinais de recuperação. Em novembro, houve 323 admissões contra 290 desligamentos. Saldo positivo de 33 vagas. É importante frisar que no mês anterior, outubro, o município fechou com saldo negativo de 20 postos de trabalho.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.



POLÍTICA