top of page

Governador pede, ao vivo, demissão de jornalista da CBN

“Deveria ser expulso”, disse o governador do Rio sobre Sergio Abranches, que criticou a condução do governo na tragédia de Petrópolis

Governador Cláudio Castro/Foto: Reprodução TV Globo
Governador Cláudio Castro/Foto: Reprodução TV Globo

Brasil 247 - O governador do Rio de Janeiro, Claudio Castro (PL), pediu a cabeça de um comentarista da CBN ao vivo durante entrevista à rádio. “Deveria ser expulso”, afirmou. Ele se referia ao sociólogo e escritor Sergio Abranches, que fez críticas à condução de Castro durante a tragédia de Petrópolis.


“Tá todo mundo aqui trabalhando duramente, diferente até do que falou esse Sergio Abranches de manhã, que ninguém fez nada, usou os microfones da CBN para fazer palanque político”, disparou Claudio Castro.


“Colocar Marielle nesse negócio? É uma vergonha isso. Essa pessoa deveria ser expulsa dos microfones da CBN. Mas enfim, opinião cada um tem a sua”, continuou. “Com todo respeito que eu tenho à crítica, eu não concordo com ela”, concluiu.



O âncora, Carlos Andreazza, rebateu o governador: “Eu quero registrar que o Sergio Abranches é um grande cientista político e eu acho que o senhor, no calor da crítica, ao defender o seu governo, talvez tenha se excedido, me permita dizer isso, ao pedir em público, com o microfone aberto, a cabeça de um colaborador da CBN. Acho que isso não é papel do governador do estado”.


“Andreazza, não é papel de alguém misturar placa quebrada de Marielle com catástrofe na Serra”, rebateu ainda Claudio Castro.


Veja:




 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.



WhatsApp Image 2022-06-03 at 11.51.13.jpeg

POLÍTICA

KOTIDIANO

CULTURA

telegram cor.png

TENDÊNCIAS
& DEBATES