top of page

Homem é preso por tentativa de feminicídio contra companheira grávida

Thiago Martins da Silva agrediu a vítima por duas horas fazendo com que ela perdesse o bebê no primeiro mês de gestação


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Dia - A Polícia Civil prendeu, na noite desta quarta (1º), um homem por tentativa de feminicídio contra a própria companheira grávida, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. O crime aconteceu em outubro de 2022, mas o mandado de prisão preventiva contra Thiago Martins da Silva só foi expedido na última terça-feira (28). O agressor foi detido por agentes da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) no Porto do Gradim.


De acordo com as investigações da especializada, o crime aconteceu no dia 30 de outubro do ano passado, quando o então casal teve um desentendimento por conta dos ciúmes de Thiago, no caminho da casa onde moravam. Ao chegarem na residência, no bairro do Paraíso, o homem voltou a discutir com ela e disse à vítima que durante o percurso havia pensado em a bater até matá-la.



Na ocasião, Thiagou agrediu a companheira por duas horas, com socos e pontapés na cabeça, até que ela desmaiasse. Ao acordar, a mulher ouviu o homem falando com um amigo que teria a matado e, quando ele percebeu que ainda estava viva, tentou esfaqueá-la. A vítima precisou ser socorrida por vizinhos e acabou perdendo o bebê, que estava no primeiro mês da gestação.


À época, a vítima denunciou o caso e conseguiu uma medida protetiva contra Thiago, mas o mandado de prisão contra ele só foi expedido no último dia 28. Os agentes da DEAM monitoraram a localização do agressor e o prenderam no momento em que ele atracava uma embarcação no Porto do Gradim. O homem será encaminhado para o sistema prisional.


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.





POLÍTICA