top of page

Jovem morre após passar mal em festa de música eletrônica na Zona Oeste

Lucas Dantas estava no festival Terratronic. De acordo com informações, o rapaz foi retirado da piscina do evento e levado para o Hospital Municipal Pedro II


Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Lucas Dantas do Nascimento, de 28 anos, morreu após passar mal na festa de música eletrônica Terratronic, que aconteceu entre o último sábado (13) e domingo (14), em Guaratiba, na Zona Oeste. Segundo os organizadores do evento, "o rapaz deu entrada no posto médico debilitado" e foi levado para o Hospital Municipal Pedro II.


A festa Terratronic começou às 21h de sábado e terminou na manhã de domingo, quando Lucas precisou ser socorrido e levado para a unidade de saúde do evento. De acordo com a organização, no local, o jovem ainda apresentava sinais vitais e, por isso, foi encaminhado ao Hospital Pedro II.



Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) comunicou que "a direção do hospital afirmou que o paciente não resistiu e veio a óbito" na tarde de domingo.


Nas redes sociais, pessoas que estavam na festa comentaram sobre o episódio. "Ele apagou na piscina, deu teto nele", disse um homem. "Estava na hora que tudo aconteceu. Minha única reação, após ver essa fatalidade, foi pegar minhas coisas e ir embora", contou outro. "Eu vi quando tiraram ele da piscina. Estava todo roxo e com a boca branca", explicou uma internauta.



Ao Dia, uma mulher, que preferiu não se identificar, presenciou o socorro do rapaz. "Eu estava deitada na grama, próxima da ambulância. Vi três bombeiros passando com ele no colo, desacordado, molhado e com sangue na boca. Tomei um susto quando soube da confirmação da tragédia", disse.


Procurada, a Polícia Civil informou que o caso foi registrado na 36ª DP (Santa Cruz), que está investigando as circunstâncias da morte.


Em comunicado oficial, a equipe do festival esclareceu que o "evento aconteceu com toda a documentação necessária e exigida pelos órgãos públicos, atendendo todo o quantitativo de prestadores de serviços, como guarda-vidas, brigadistas, posto médico, ambulância, médico, enfermeiro e seguranças".


Além disso, a organização também disse que está acompanhando o caso, ciente de que ainda não há o laudo do IML para confirmar a causa da morte: "É leviano realizar qualquer tipo de especulação".


"Neste momento de dor e tristeza, a equipe Terratronic se solidariza com a família e amigos de Lucas, e se coloca à disposição para prestar todo apoio", finalizou o comunicado.


Ainda não há informações sobre o sepultamento de Lucas Dantas. 


*Com informações O Dia


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.


Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


POLÍTICA