top of page

Leitura dramatizada sobre mulheres gonçalenses na História será exibida na Uerj-FFP amanhã (24)

Exibição e debate faz parte da Semana Acadêmica de História 2023


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um trabalho que resgata a história de mulheres gonçalenses desde 1822, em comemoração ao bicentenário da Independência do Brasil, a gravação da Leitura Dramatizada ‘Tamoias Metropolitanas’ será exibida nesta quinta (24), na Faculdade de Formação de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj-FFP), em São Gonçalo.


Após a exibição, que inicia às 14h, haverá, ainda, um Cine Debate, em que a produtora do projeto, a arquiteta Camila Dias Oliveira, contará como foi todo o processo, quais fontes bibliográficas utilizadas e como se deu o desenvolvimento do texto teatral.


A entrada é franca. A exibição faz parte da Semana Acadêmica do Curso de História 2023 , da Uerj. A Uerj-FFP fica na Rua Francisco Portela, 1470, Patronato, São Gonçalo.



Leitura Dramatizada


Escrita pelas dramaturgas Suzane Silveira e Camila Dias Oliveira, a Leitura Dramatizada foi dividida em dois atos e mesclou ficção com feitos verídicos vividos por personagens célebres da cidade, como a pintora e escritora inglesa Maria Graham, a empresária madame Maria Desmarest (do Porto da Madama) e a dona de terras Maria Paula (do bairro homônimo).


A peça atravessa os séculos na contramão do apagamento seletivo e apresenta também personagens atuais relevantes do município, entre elas a pesquisadora Maria Nelma e a idealizadora do coletivo Escritoras Vivas, Yonara Costa.


O projeto teve a realização da Editora Apologia Brasil e o incentivo do edital Retomada Cultural 2, da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro (Secec-RJ). Patrocínio: Governo do Estado do RJ.


Mais informações nas redes sociais:


@tamoias_metropolitanas

@cahisffp

@ffpuerjprincipal

@dchffpuerj


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.