top of page

Letalidade em apenas três operações policiais somam 72 mortes no RJ

E mais: Homem é preso pela PF contra abuso sexual infantil no Rio, IBGE divulga 1º levantamento sobre diversidade sexual, Confiança do consumidor cai 3,1 pontos em maio, Arcos da Lapa são iluminados de roxo pelo Dia Mundial do Lúpus


Foto: Fabiano Rocha/Agência O Globo
Foto: Fabiano Rocha/Agência O Globo

Começamos o Rolé desta quarta (25) com a notícia de que a operação realizada na Vila Cruzeiro nesta terça (24) foi a segunda ação policial mais letal da História do estado do Rio, com ao menos 25 mortes.


A primeira aconteceu na favela do Jacarezinho, Zona Norte do Rio, em maio do ano passado, com 28 óbitos.


Em terceiro, está uma ocorrência no Complexo do Alemão, em 2007, com 19 mortos.


No Complexo da Penha, a ação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar desta terça contou com veículos blindados e helicóptero da PM e deixou, além dos mortos, seis pessoas feridas em hospitais do Rio, sendo duas delas em estado grave e quatro estáveis.


O número de mortes na Vila Cruzeiro ainda pode aumentar e ultrapassar o registrado no Jacarezinho. Informações Extra: Desde 2007, ações policiais mais letais somam 72 mortos; operação na Penha é segunda maior


E a Polícia Federal realizou a Operação Arcanjo II, na manhã desta quarta (25), nos municípios de Magé, na Baixada Fluminense, e Rio de Janeiro, contra o abuso sexual infantil, o compartilhamento e a posse de imagens e vídeos com este tipo de conteúdo.


De acordo com as investigações, um suspeito teria abusado de crianças de seu convívio, filmado e fotografado os atos criminosos e depois compartilhado na internet. O Dia noticiou: Homem é preso durante operação da PF contra abuso sexual infantil no Rio


E o levantamento inédito divulgado nesta quarta (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou que 2,9 milhões de pessoas se autoidentificam como homossexuais ou bissexuais no país.


Esta é a primeira vez que o instituto divulga dados sobre orientação sexual. A decisão foi tomada após o órgão ter sido acionado na Justiça pelo Ministério Público Federal.


O MPF questionou o fato de o Censo Demográfico de 2022 não ter incluído perguntas sobre a população LGBTQIA+. Vimos no G1: Diversidade sexual: 2,9 milhões de brasileiros se declaram homossexuais ou bissexuais, aponta IBGE


O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 3,1 pontos de abril para maio deste ano. A queda veio depois da alta de 3,8 pontos de março para abril.


Com isso, o indicador chegou a 75,5 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Os dados da FGV foram divulgados hoje. Em Agência Brasil: Confiança do consumidor cai 3,1 pontos em maio, diz FGV


Finalizamos o Rolé de hoje com a notícia sobre o mês de maio ser marcado pela conscientização e luta dos pacientes portadores de lúpus. E para chamar a atenção da importância desta causa, os Arcos da Lapa, no Centro do Rio, acenderam suas luzes na cor roxa na noite de ontem (24).


A iniciativa veio através de ativistas, que buscam apoio e conscientização ao Dia Mundial do Lúpus, celebrado em 10 maio. A ação contou com a presença de diversos pacientes e apoiadores da campanha. Tá na Tribuna: Arcos da Lapa são iluminados de roxo pelo Dia Mundial do Lúpus

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.






POLÍTICA