top of page

Lula pede que PT escolha como candidatos 'lideranças reais'

Presidente demonstrou preocupação com a tendência crescente de priorizar a atribuição de identidades como critério principal para a seleção de candidatos políticos

Lula com Boulos no ato de refiliação de Marta Suplicy ao PT/Foto: Reprodução
Lula com Boulos no ato de refiliação de Marta Suplicy ao PT/Foto: Reprodução



DCM - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) detonou o identitarismo e defendeu que o partido escolha como candidatos “lideranças reais” dos movimentos sociais. As declarações foram feitas durante o evento de filiação de Marta Suplicy ao PT.


Em seu discurso, o chefe do Executivo demonstrou preocupação com a tendência crescente de priorizar a atribuição de identidades como critério principal para a seleção de candidatos políticos.


“Eu não quero me lançar porque eu sou branco, porque eu sou mulher, porque eu sou negro, porque eu sou indígena. Está errado!”, afirmou o presidente petista.


Lula enfatizou a importância de selecionar candidatos com base em suas experiências, históricos e compromissos genuínos com as causas populares e progressistas. Ele ressaltou ainda a necessidade de os representantes políticos do PT possuírem uma conexão autêntica com os movimentos sociais e um histórico de luta pelos direitos do povo brasileiro.


“A gente precisa escolher como candidato a vereador do PT as pessoas que são lideranças reais do movimento social e não aquele que quer ser candidato apenas”, afirmou.



Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


POLÍTICA