top of page

Lula publica mensagem de Natal e lembra: 'Muitas famílias não terão o que comemorar

Presidente eleito usou o Twitter para desejar uma boa comemoração aos brasileiros


Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Dia - O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, usou o Twitter neste sábado, 24, para desejar um Feliz Natal aos brasileiros. "Gostaria de desejar um Feliz Natal a cada um e a cada uma dos 215 milhões de brasileiros e brasileiras", escreveu.


Lula ressaltou ainda o fato de que "infelizmente, muitas famílias não terão o que comemorar, porque estão sofrendo com a fome, o desemprego, a inflação e o endividamento." "Sei também que esta é uma época especialmente triste para centenas de milhares de famílias que perderam seus entes queridos para a Covid. E para tantas outras que perderam tudo por causa das fortes chuvas que atingem vários estados", lembrou.


Na mensagem, o presidente eleito comentou ainda sobre a polaridade política: "Fico triste em saber que muitas famílias não estarão reunidas para celebrar este Natal, como faziam todos os anos, porque foram divididas pelo ódio político que jogou pais contra filhos, irmãos contra irmãos."



Ainda no texto, Lula pediu esperança e reconciliação. "Mas a mensagem que trago para cada brasileiro e cada brasileira é de esperança. A esperança que a maioria do povo brasileiro depositou nas urnas no dia 30 de outubro. A esperança que nos faz seguir sempre em frente, apesar de todos os obstáculos", escreveu. "Desejo que o Natal seja o da reconciliação das famílias, e da reconciliação do Brasil consigo mesmo. Vou trabalhar mais do que trabalhei nos governos anteriores para que o Natal de todos, em especial dos que mais precisam, seja melhor no próximo ano", completou o presidente diplomado.


Ele finalizou desejando "que este Natal, apesar de todas as dificuldades, marque o início da reconstrução do Brasil. E que possamos reconstruir, dentro de cada um de nós, o espírito de união, fraternidade, paz, amor e esperança."

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.




POLÍTICA