top of page

Mãe é condenada por assassinato em massa cometido pelo filho

O filho do casal, agora com 17 anos, foi condenado à prisão perpétua por matar quatro colegas de classe em uma escola em Michigan

Jennifer Crumbley. (Foto: Reprodução)
Jennifer Crumbley. (Foto: Reprodução)

DCM - Uma mãe nos EUA foi condenada criminalmente pela morte de quatro estudantes em um tiroteio em uma escola do Ensino Médio, cometido por seu filho de 15 anos. Sete pessoas ficaram feridas no incidente.


O veredicto, primeiro e único em sua natureza, pode ter grandes repercussões no sistema jurídico americano. Jennifer Crumbley, de 45 anos, tornou-se a primeira mãe condenada nos EUA por homicídio culposo devido a um ataque a tiros em massa cometido por seu filho.

Os promotores alegaram que Crumbley foi negligente ao permitir que seu filho tivesse acesso a uma arma e ao ignorar os sinais de alerta sobre seu comportamento. Enquanto isso, o pai do adolescente, James, enfrenta um julgamento separado pelas mesmas acusações, declarando-se inocente.


O filho do casal, agora com 17 anos, foi condenado à prisão perpétua por matar quatro colegas de classe em uma escola em Michigan, em novembro de 2021. Durante o julgamento, Jennifer Crumbley não demonstrou emoção e permaneceu de cabeça baixa enquanto o veredicto era lido. Ela enfrenta até 15 anos de prisão por cada uma das quatro acusações de homicídio culposo.


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.