top of page

Manifestantes protestam no RJ após a morte de trabalhador na Reduc

Eles pedem mais segurança para o trabalho na refinaria


Foto: André Motta de Souza / Agência Petrobras
Foto: André Motta de Souza / Agência Petrobras

Agência Brasil - Manifestantes interditaram hoje (21) os dois sentidos da rodovia Washington Luís (BR-040), em Duque de Caxias, no estado do Rio de Janeiro. Eles protestaram após a morte de um trabalhador na refinaria Duque de Caxias (Reduc), que pertence à Petrobras, e pediram mais segurança para o trabalho.


Segundo a Polícia Rodoviária Federal, cerca de 60 pessoas participaram da manifestação. O protesto começou por volta das 8h. Após 15 minutos, as pistas foram liberadas parcialmente. Os manifestantes saíram da rodovia 45 minutos depois.




Segundo a Petrobras, o trabalhador era funcionário da empresa C3 Engenharia e morreu no último sábado (19), durante atividade de manutenção do interior de um equipamento da Reduc. Ainda de acordo com a empresa, o homem recebeu atendimento médico imediatamente e chegou a ser levado para atendimento externo, mas não resistiu e morreu.


“A Petrobras está em contato com a empresa C3, para prestar todo apoio à família do colaborador neste momento difícil. A companhia acompanhará o caso junto à empresa contratada e formou uma comissão para investigação que permita esclarecer as circunstâncias da ocorrência. As autoridades competentes foram comunicadas”, informou a Petrobras, por meio de nota.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.



POLÍTICA