top of page

Marcelo Freixo visita São Gonçalo e casa onde nasceu, na Venda da Cruz

Pré-candidato ao governo do estado caminhou pela cidade neste sábado (19/3) ao lado de Dimas Gadelha


Por Helcio Albano

Marcelo Freixo e Dimas Gadelha percorreram o Centro de Alcântara/Foto: Helcio Albano
Marcelo Freixo e Dimas Gadelha percorreram o Centro de Alcântara/Foto: Helcio Albano

O deputado federal e pré-candidato ao governo do estado do Rio, Marcelo Freixo (PSB), esteve neste sábado (19) em São Gonçalo.


Acompanhado do pré-candidato à Câmara Federal, Dimas Gadelha (PT), às 9h Freixo iniciou a visita à cidade pela Galeria Cruzeiro, na Rua Rêgo Barros, Venda da Cruz, bairro onde nasceu.


De lá, a comitiva seguiu para o Alcântara, onde foi feita uma caminhada de aproximadamente duas horas entre populares nas principais ruas do maior centro comercial da cidade do leste metropolitano, com mais de 1 milhão habitantes, a segunda maior do estado do Rio.


A gente foi na casa que eu nasci. Uma casa muito simples na Galeria Cruzeiro, perto do antigo 3º BI. Foi muito emocionante”, disse Freixo, 54 anos, que levou à mãe, dona Alenice, 82 anos, à casa onde viveu até os três anos de idade até mudar-se para o Fonseca, em Niterói, cidade onde iniciou sua carreira política.


O clima meio morno, meio frio do período pré-eleitoral contrastou com o calor do Alcântara e dos apoiadores de Freixo quando o reconheciam na rua. Todos, com sorriso aberto, corriam para abraçá-lo, dar uma palavra de carinho e tirar uma selfie para compartilhar o momento com os amigos nas redes sociais. Como é o caso da jovem Nádia Oliveira, 23 anos:


Ele (Freixo) é jovem. Ele tem uma mente aberta. Ele luta pela Liberdade e pela igualdade. Nós temos que voltar a respeitar e a lutar pela Educação. Então, Freixo tá aí para isso. É nisso que nós temos que acreditar”, disse Nádia.


Nádia tieta Freixo/Foto: Helcio Albano
Nádia tieta Freixo/Foto: Helcio Albano

A evangélica Lúcia Dutra, 62 anos, lembrou da ajuda que Freixo deu à sua família, há 23 anos, quando o deputado, que é professor de História, nem possuía cargo eletivo, mas já tinha grande destaque em ações sociais e educativas em Niterói e no Rio de Janeiro:


Devo grandes favores pro Marcelo. Isso aqui não é ‘inventação’ nem nada. É verdadeiro. O Marcelo há 23 anos atrás quando eu tive minha filha, quem me ajudou foi esse homem. O Rio de Janeiro precisa de gente para ajudar o pobre. Eu conheço o Marcelo e minha família vai votar nele. Em nome de Jesus”, exclamou Lúcia em meio aos transeuntes depois de abraçar o pré-candidato.

Freixo e Lúcia Dutra/Foto: Helcio Albano
Freixo e Lúcia Dutra/Foto: Helcio Albano

Marcelo Freixo mostrou grande preocupação com a violência na cidade e com a Educação no estado, principalmente após a pandemia da Covid-19 que, segundo ele, piorou o quadro na área atingindo em cheio a “garotada” do Ensino Médio, que ele pretende que seja de tempo integral em todas as escolas em seu governo:


O gonçalense vive numa cidade tomada pela violência e tem (também) uma crise muito grande na Educação. A gente precisa fazer com que o Ensino Médio recupere esses garotos que a gente perdeu durante a pandemia. Nós perdemos milhares de jovens que saíram da escola durante esses dois anos. A gente vai ajudar essas famílias e recuperar essa garotada. Precisa fazer o ensino integral e os velhos CIEPs voltarem a funcionar. Tem muita coisa pra fazer e essa é a expectativa do povo de São Gonçalo”, afirmou.


Encerrada a caminhada no Alcântara, Freixo, Dimas, assessores e imprensa seguiram para a Praia das Pedrinhas, onde foram realizadas sessões de fotos e vídeos com os pré-candidatos:


Eu nasci em São Gonçalo. Eu tenho um carinho, uma relação de afeto muito grande com a cidade. O governo do Rio precisa olhar para São Gonçalo fora da época de eleição. São Gonçalo é um dos maiores municípios da região metropolitana, tem uma importância econômica enorme. É um povo trabalhador, um povo empreendedor. Para onde você olha tem gente trabalhando. Andar em São Gonçalo com o Dimas é um orgulho muito grande porque deveria ser ele o prefeito da cidade. E o gonçalense estaria melhor se fosse o Dimas prefeito”, finalizou Marcelo Freixo.


E Dimas, ex-prefeitável segundo-turnista com quase 200 mil votos em 2020, tão tietado pelos eleitores quanto o agora amigo e pré-candidato a governador, retribuiu:


É uma alegria imensa caminhar com o Marcelo Freixo em nossa cidade e apresentar aos gonçalenses esse grande ser humano que possui a coragem que esse estado precisa. Vamos sair desse buraco que essa turma que está aí nos colocou. Esse time liderado por Freixo é campeão: une gestão, responsabilidade e sensibilidade com as causas sociais, tão importantes para São Gonçalo e todo o estado do Rio”, disse Dimas Gadelha.


O médico, secretário de Gestão de Maricá e pré-candidato a deputado federal, deve coordenar a campanha de Marcelo Freixo em dobrada com a campanha do ex-presidente Lula em São Gonçalo.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.