top of page

Maricá entrega 561 certificados para alunos dos cursos de robótica e astronomia

Esse foi o primeiro dos três ciclos de capacitação em tecnologia que serão oferecidos pelo ICTIM em 2023


Foto: Elsson Campos/Divulgação
Foto: Elsson Campos/Divulgação

A Prefeitura de Maricá informou que entregou 561 certificados para alunos dos cursos de robótica, astronomia e astronáutica, em cerimônia realizada na noite desta segunda (17), no Centro Educacional Joana Benedicta Rangel, no Centro de Maricá.


A iniciativa é do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM) em parceria com o Instituto Nova Ágora de Cidadania (INAC) e a Incubadora de Inovação Social em Robótica e Sustentabilidade.


Ao todo, foram oferecidos nove cursos: informática básica, educação financeira, gestão de pessoas, gestão de projetos, noções de marketing, robótica e automação, astronomia e astronáutica básicas, preparatório em informática, montagem e manutenção de computadores.



Carlos Senna, presidente do ICTIM, destacou as ações da gestão municipal para o desenvolvimento da cidade e disse que a população precisa estar preparada para as oportunidades que irão surgir. “A cidade está em transformação e essa é uma oportunidade de mudança de vida”, declarou.


Já o diretor de Tecnologia do ICTIM, Márcio Campos, citou uma frase do filósofo Paulo Freire que dizia que “só a vocação não muda a realidade, mas sem ela tão pouco a sociedade muda” para enaltecer a importância da qualificação de uma sociedade. “Para mudar a realidade de cada um é preciso se qualificar”, ressaltou Márcio.


Valéria Almeida Martins, de 58 anos, fez o curso de informática básica e agora utiliza o que aprendeu no dia a dia da sua profissão. “Sou técnica de enfermagem e tinha todas as dificuldades com informática. Não sabia usar o Word. Hoje mexo, dou os espaços, escrevo e faço os relatórios dos pacientes”, disse Valéria, que mora em Inoã.


A engenheira civil Isabela Pereira de Oliveira Batista, de 31 anos, mora em Itapeba e resolveu fazer o curso de gestão de projetos para ampliar o conhecimento. “Aprendi novas ferramentas, interagi com pessoas de outras áreas e expandi as possibilidades de aplicar o conteúdo”, afirmou Isabela.


Já Lukas Nascimento, de 24 anos, morador de Itaipuaçu, fez o curso de robótica e automação. “Não tinha nenhuma noção de robótica e resolvi fazer por ser algo inovador. A tecnologia está presente na nossa vida e penso em progredir na área”, disse Lukas.


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.



POLÍTICA