top of page

Miliciano ligado a Zinho é o principal suspeito de executar Sérgio Bomba

O miliciano morto no último domingo atuava em Sepetiba há mais de dez anos



Conhecido como Pipito, Rui Paulo Gonçalves Estevão é o principal suspeito de assassinar o miliciano Sérgio Rodrigues da Costa Silva, o Sérgio Bomba. Ele foi morto na noite deste domingo (21) em um quiosque no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.



Segundo as investigações sobre o caso, Pipito queria assumir o comando da milícia de Luiz Antônio da Silva Braga, o Zinho, aliado de Sérgio Bomba. O miliciano morto no último domingo atuava em Sepetiba há mais de dez anos, antes da família Braga assumir o controle da região.


Apesar de se unir à milícia de Zinho, Sérgio Bomba pretendia formar um grupo criminoso controlado somente por ele na região, de acordo com investigadores.



Desde que Zinho se entregou à Polícia Federal, em dezembro de 2023, ao menos quatro pessoas ligadas à milícia foram assassinadas e outras duas estão desaparecidas.


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

POLÍTICA

KOTIDIANO