top of page

Moradores denunciam abandono e descaso em cemitério de SG

E mais: Polícia identifica vítimas de acidente no Paraíso, Corpo em decomposição é achado na Praia de Icaraí, Petrópolis: Famílias precisam fazer DNA para identificação dos corpos, Caso Henry: Jairinho tem pedido de liberdade negado


Foto: redes sociais
Foto: redes sociais

Começamos o Rolé desta segunda (21) com a notícia sobre a denúncia de moradores sobre o abandono e descaso no cemitério São Miguel, em São Gonçalo. Muitos caixões abandonados abertos em locais impróprios e o estado de conservação de túmulos e covas, chamaram a atenção de quem frequentou o local nos últimos dias.


Segundo as denúncias, diversos caixões com água acumulada, além de túmulos quebrados, estão entre as principais reclamações de moradores, que registraram o problema através das redes sociais. Com informações Enfoco: Moradores denunciam abandono e descaso em cemitério de SG


Ainda em São Gonçalo, a polícia identificou as três vítimas de um acidente de moto na manhã desta segunda, na Rua Doutor Francisco Portela, no Paraíso, em São Gonçalo. Segundo informações, o jovem Lucas De Oliveira, de 24 anos, e João Paulo Silva, de 25 anos, foram as vítimas fatais. Um outro rapaz cujo nome é Jonata Lucas de Sá, de 20 anos, segue internado no Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT) em estado grave.


Segundo a PM, o acidente ocorreu logo no início da manhã. Testemunhas acreditam que as duas motos vinham em vias diferentes e acabaram colidindo após ficarem entre carros na via, não conseguindo desviar. Lucas e João morreram ainda no local do acidente. O São Gonçalo noticiou: Polícia identifica vítimas de acidente no Paraíso, em SG




Em Niterói, frequentadores da praia de Icaraí, encontraram na manhã desta segunda um corpo em avançado estado de decomposição. O cadáver estava na faixa de areia e a polícia acredita ter sido levado ao local pelo mar.


De acordo com informações da Polícia Militar, uma pessoa, que caminhava pelo local, viu o cadáver e acionou a corporação via 190. O encontro do corpo aconteceu por volta das 11h. Minutos depois, militares do 12º BPM (Niterói) chegaram ao local. Vimos na Tribuna: Corpo em decomposição é achado na Praia de Icaraí


Em Petrópolis, a agonia é tripla para parte da população: além de sentir a dor da perda de familiares, muitos ainda não sabem onde estão os corpos e aguardam na fila do Instituto Médico Legal para fornecer dados e só então identificar os cadáveres, muitos encontrados já em estado de decomposição. Nesta segunda, a Polícia Civil começou a convocar familiares para coletar amostras de DNA e cruzar os dados com os corpos que forem encontrados.


Até o início da tarde de hoje, a Polícia Civil havia confirmado 178 mortes, com 143 corpos identificados. Outras 110 pessoas seguem desaparecidas. O Dia: Familiares aguardam na fila para cadastrar DNA e confirmar identificação dos corpos em Petrópolis


Finalizamos o Rolé de hoje com a notícia de que o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou um pedido de liberdade feito pela defesa do ex-vereador do Rio de Janeiro Jairo Santos Souza Júnior. Conhecido como Doutor Jairinho, ele é acusado de ter torturado e matado seu enteado, o menino Henry Borel, de 4 anos, em março do ano passado. Em abril, foi preso preventivamente. Em dezembro, teve seu mandato cassado por unanimidade.


Entre os argumentos citados pela defesa para sensibilizar Gilmar, estava o de que seus três filhos menores estavam privados da companhia do pai há quase um ano. Alternativamente, os advogados pediam a prisão domiciliar, mas Gilmar negou tudo. Saiba mais no Extra: Caso Henry: Gilmar Mendes nega pedido de liberdade de Jairinho, acusado de torturar e matar enteado


Boa semana caros leitores!

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.




POLÍTICA