top of page

Niterói segue em estágio de atenção

Até o momento nenhuma sirene precisou ser acionada e não houve registros de feridos


Foto: Lucas Benevides/Divulgação
Foto: Lucas Benevides/Divulgação

Com a forte chuva que atingiu o município na madrugada desta sexta (6) e causou alagamentos, a Prefeitura de Niterói trabalhou ao longo do dia para minimizar os transtornos aos moradores da cidade. Cerca de 1.200 agentes da Prefeitura, entre Defesa Civil, Companhia de Limpeza de Niterói (Clin), Secretarias de Conservação e Serviços Públicos, e de Assistência Social, Nittrans e Administração Regional da Região Oceânica, estão atuando nas ruas da cidade.

A Defesa Civil informa que a cidade está em estágio de atenção desde a tarde de quarta-feira (04), devido à aproximação de uma frente fria que trouxe núcleos de chuva forte para o município nos últimos três dias. Em 24 horas, choveu mais de 85% do previsto para todo o mês de janeiro. As regiões de Itaipu, Engenho do Mato, Maceió, Santa Bárbara e Morro do Bumba registraram os maiores acumulados pluviométricos.

Até o momento, nenhuma sirene precisou ser acionada e não houve registros de feridos. Em caso de emergência, a população deve ligar para o 199 ou 2620-0199.

Operadores da NitTrans estão nas ruas, com aumento de efetivo, orientando motoristas. Equipes da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser) e da Companhia de Limpeza de Niterói (Clin) estão atuando desde a noite de ontem nos serviços emergenciais de retirada de árvores, limpeza de ralos, caixas de passagem e ruas. Também há caminhões Vac All – equipamentos de aspiração com alto poder de sucção – percorrendo trechos da cidade. O veículo é usado em pontos de alagamento para agilizar o escoamento da água.



Informação – A Defesa Civil pede que a população acompanhe os canais de comunicação da Prefeitura de Niterói. O Município conta com plantão 24h de monitoramento meteorológico, com envio detalhado de informações sobre a previsão do tempo e de avisos através do aplicativo Alerta DCNIT, SMS (40199) e grupos no WhatsApp. O Twitter (https://twitter.com/NiteroiPref) está sendo atualizado com boletins das chuvas.

Previsão – De acordo com o Centro de Monitoramento e Operações da Defesa Civil, núcleos de chuva fraca atuam na cidade de Niterói neste momento. Nesta sexta (06), a previsão é de céu encoberto e chuva moderada de forma intermitente nos períodos da tarde/noite. As temperaturas estarão estáveis e amenas com máxima prevista de 24°C.

No sábado (07) e domingo (08), o tempo continuará instável na cidade devido a atuação de um canal de umidade sobre a Região Sudeste. Assim, o céu permanecerá encoberto com chuva fraca a moderada, sendo mais intensa nos períodos da tarde/noite. Os ventos estarão fracos a moderados e as temperaturas seguirão amenas. Persiste a previsão de acumulados de chuva elevados para sábado e domingo.

Na segunda (09), a previsão é de céu encoberto passando a nublado com chuva fraca isolada na madrugada e manhã. As temperaturas ficarão estáveis e os ventos fracos a moderados.

Prevenção – A Defesa Civil orienta que, em caso de estágio de Atenção, Alerta ou Alerta Máximo, a população evite transitar em áreas alagadas e próximas a córregos, canais e rios sujeitos a transbordamentos. Além disso:

- Os moradores de áreas de riscos devem ficar atentos para indícios de ameaças de deslizamentos e preparados para se deslocarem para locais seguros.

- As pessoas que estiverem em locais seguros devem permanecer nestes locais até o aviso de chuva intensa cessar.

- Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores, redes de distribuição de energia elétrica, toldos, tapumes ou em áreas descampadas.

- Caso a sirene de sua localidade seja acionada, siga imediatamente para os pontos de apoio, residências de familiares ou amigos localizados em locais seguros.

Sobre a Comunidade da Igrejinha - Técnicos da Defesa Civil de Niterói estiveram na Comunidade da Igrejinha, nesta sexta e interditaram seis casas. Um dos imóveis sofreu um desabamento parcial. Não há registro de feridos até o momento.

Agentes da Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Solidária também estiveram no local, atenderam os moradores e ofereceram acolhimento para as seis famílias nos abrigos do Município. As famílias não aceitaram o acolhimento e optaram por ficar na casa de parentes.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.