top of page

Os militares têm que sair do noticiário de uma vez por todas

Por Helcio Albano

Esse sujeito, coronel do exército, tentou impedir a prisão dos terroristas pela PM/Reprodução
Esse sujeito, coronel do exército, tentou impedir a prisão dos terroristas pela PM/Reprodução

Os militares devem sair de uma vez por todas do noticiário. Já deu! Os comandantes das Forças Armadas (boa parte deles) ou engolem o sapo da DEMOCRACIA ou que sejam devidamente enquadrados pelas instituições civis e republicanas, que são as que legalmente devem obediência.


O que temos visto no episódio dos atos terroristas em Brasília é estarrecedor. Há indícios odientos de participação direta de praças e suboficias no quebra-quebra. E, cereja do bolo, de oficiais pendurados no GSI do círculo direto do general Heleno que desmobilizaram a Guarda do Planalto horas antes do ataque à Praça dos Três Poderes.


A "maldição da espada" que nos persegue desde o advento da República, se arrefeceu a partir de 1988 com a promulgação da Constituição Cidadã, mas voltou com força de 2016 pra cá, quando o Partido Militar botou a cabeça pra fora no governo golpista de Temer, ocupando diversos autarquias e ministérios, principalmente o da Defesa, tradicionalmente ocupado por um civil.



Em 2018, em conluio com a Lava Jato, o general Villas Boas dava um passo além na balbúrdia institucional, promovida pelas própria FAs, soltando aquele famigerado tuíte ameçando o STF caso a corte desse a Lula o habeas corpus que o garantiria na disputa eleitoral daquele ano com franco favoritismo.


A história conhecemos: a covardia do Supremo abriu caminho para o energúmeno vencer as eleições como ponta de lança do Partido Militar, que finalmente voltaria ao poder depois de - ironia - sair pela porta dos fundos em 1985.


Tal qual o excrementíssimo, Figueiredo não passou a faixa...


***

Baixe de graça o livro Reflexões de proa do jornalista Helcio Albano.


HA_REFLEXÕES_ebook
.pdf
Fazer download de PDF • 1.35MB

Siga @helcioalbano

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Helcio Albano é jornalista e editor-chefe do Jornal Daki.