top of page

Paulo Gustavo: última reunião setorial de Cultura promete casa cheia em SG

Encontro está sendo encarado como a reunião das reuniões

Encontros ocorrem desde 10 de julho/Foto: Reprodução
Encontros ocorrem desde 10 de julho/Foto: Reprodução

Nesta segunda (17), vão acontecer na sede da Secretaria de Cultura, no Lavourão, Estrela do Norte, a partir da 10h, as últimas reuniões setoriais de construção do edital da Lei Paulo Gustavo (LPG) em São Gonçalo.


O último encontro, às 18h, destinado aos "demais segmentos e manifestações culturais", é encarado como a "reunião das reuniões" de avaliação das oitivas, que vêm sendo realizadas desde a semana passada com os fazedores de Cultura e representantes da Secretaria que conduzem o processo de implementação do LPG no município.


"Hoje teremos um termômetro de nossa contribuição na construção do edital e o que efetivamente será incorporado pela Secretaria. Atender demandas tão diversas e ao mesmo tempo tão estanques de modo equânime, isonômico e democrático será um desafio. Mas o princípio da excelência dos projetos que serão apresentados deve ser buscado e respeitado para fortalecemos a cena da Cultura em São Gonçalo", observa Helcio Albano, diretor da editora Apologia Brasil e representante do segmento Literatura, que se reuniu no último dia 13 para discutir as demandas da área.



Já foram sete dias de fórum, com segmentos artísticos divididos em horários distintos, para expor ideias e contribuir na elaboração do edital da Lei Paulo Gustavo para São Gonçalo.


Os representantes de diversos segmentos artísticos puderam contribuir com ideias para elaboração do edital da lei. Toda a classe artística da cidade foi amplamente convidada a participar.


"Quem não conseguiu ir nas outras, compareça. Com certeza surgirão outras e novas dúvidas. Quem já participou e quiser vir hoje, pode e deve. Que as pessoas entendam de uma vez por todas que poder público não faz nada sem a sociedade civil. E só pode fazer se nós, a população, quisermos!", disse Félix Lino, conselheiro municipal de Cultura e ativista de direitos humanos do grupo Liberdade Santa Diversidade.


Aporte federal para São Gonçalo


O aporte de verbas federais para São Gonçalo com o edital da Lei Paulo Gustavo é de R$ 7.839.358,39 através da Lei Complementar n° 195, de 2022.


Os recursos para a cultura gonçalense estão divididos da seguinte maneira: R$ 4.153.292,08 para produções audiovisuais; R$949.346,30 para apoio a salas de cinema; R$ 476.632,99 para formação, qualificação e difusão e R$2.260.087,02 para demais áreas da cultura.


Serviço:

O Centro Cultural Joaquim Lavoura (Lavourão) fica na Avenida Presidente Kennedy, 721, Estrela do Norte, em São Gonçalo.


Reuniões de hoje, 17 de julho


10h - Cultura Popular

14h - Cultura Urbana

18h - Reuniãozona dos demais segmentos e manifestações culturais


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso canal do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.



POLÍTICA