top of page

Plano Safra de R$ 400 bi bate recorde e agronegócio não tem do que reclamar

Produtores rurais terão ainda mais R$ 108 bilhões em recursos de Letras de Crédito do Agronegócio (LCA), elevando o total destinado ao agronegócio nacional para R$ 508,59 bilhões

Lula anuncia Plano 2025/Foto: EBC
Lula anuncia Plano 2025/Foto: EBC

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançou nesta quarta-feira o Plano Safra de R$ 400,59 bilhões para médios e grandes produtores. O plano inclui linhas de crédito, incentivos e políticas agrícolas, com um aumento de 10% em relação ao valor do plano anterior.


Pela manhã, Lula havia anunciado o Plano Safra para a agricultura familiar, no valor de R$ 85,7 bilhões, sendo R$ 76 bilhões destinados ao crédito rural.


Além disso, os produtores rurais contarão com R$ 108 bilhões em recursos provenientes de Letras de Crédito do Agronegócio (LCA), que complementarão o novo Plano Safra. Assim, o total destinado ao desenvolvimento do agronegócio nacional será de R$ 508,59 bilhões.

As LCAs são títulos de dívida emitidos por instituições financeiras para empréstimos e financiamentos voltados à atividade agropecuária.


Recursos para o Crédito Rural Empresarial

  • Custeio e Comercialização: R$ 293,29 bilhões

  • Investimento: R$ 107,30 bilhões


Recursos para o Crédito Rural Empresarial

  • Pronamp – Controlados: R$ 65,23 bilhões

  • Demais produtores e cooperativas: R$ 335,36 bilhões




Taxas de Juros

  • Pronamp:8%

  • RenovaAgro e PCA: 8,5%

  • PCA até 6.000 toneladas: 7%

  • Custeio Empresarial: 12%

  • Moderfrota: 11,5%

  • RenovAgro Ambiental e Recuperação / Conversão de Pastagens: 7%

  • Moderagro, Proirriga e Invest. Empresarial: 10,5%

  • Prodecoop e Procap-Agro: 11,5%

  • Moderfrota Pronamp: 10,5%.


Dos R$ 400,59 bilhões em crédito para agricultura empresarial, R$ 293,29 bilhões será para custeio e comercialização. Outros R$ 107,3 bilhões serão para investimentos.


Nos siga no BlueSky AQUI.

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

POLÍTICA