top of page

Polícia desbarata esquema do CV que movimentou R$ 126 milhões em diversos estados do país

Operação contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro cumpre 26 mandados de prisão


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução



A Polícia Civil faz uma operação contra o tráfico de drogas e a lavagem de dinheiro com 26 mandados de prisão em 5 estados. Ao todo, são 15 mandados a serem cumpridos no Amazonas, três no Paraná, cinco no Rio de Janeiro e três em São Paulo. A operação também acontece em Santa Catarina.



Até o momento, nove pessoas foram presas. Uma mulher foi baleada, no Complexo da Maré, durante a ação. Dois homens foram presos em São Paulo. Há seis presos também no Amazonas e um no Rio, que foi encontrado no município de Belford Roxo, na Baixada Fluminense.



De acordo com as investigações da Delegacia de Combate às Organizações Criminosas e Lavagem de Dinheiro, o esquema movimentou R$ 126 milhões em dois anos. Os alvos são pessoas jurídicas e físicas responsáveis pela lavagem de dinheiro das facções Comando Vermelho e Família Norte, do Amazonas, que atuam juntas.

Dezenas de carros da Polícia Civil e um blindado estão na região desde cedo, nas comunidades Parque União e Nova Holanda. Há relatos de intenso tiroteio na Maré, sendo um confronto entre agentes da Polícia Civil e criminosos.



Um dos alvos, Cleiton Souza da Silva, é considerado pelos policiais um elo entre os traficantes do Rio e do Amazonas. Os investigadores afirmam que ele é o responsável pelo abastecimento de drogas de comunidades da Zona Sul da capital fluminense.


A ação é a segunda fase de uma operação que aconteceu no mês passado, quando os policiais descobriram que criminosos do Rio de Janeiro compravam drogas de países que fazem fronteira com o Amazonas. Essas drogas cruzavam o país via rodoviária e por barcos. Na capital fluminense, eram distribuídas entre as comunidades cariocas ligadas ao Comando Vermelho.


Nos siga no BlueSky AQUI.

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

POLÍTICA