top of page

Porto da Pedra vence a Série Ouro com enredo sobre a Amazônia

Escola volta ao Grupo Especial após 10 anos fora da elite do carnaval


Foto: Reprodução vídeo
Foto: Reprodução vídeo

Agência Brasil - A Unidos do Porto da Pedra, escola de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, é a campeã da Série Ouro de 2023 e retornará ao Grupo Especial, após 10 anos no grupo de acesso. O enredo desenvolvido pelo carnavalesco Mario Quintaes trouxe para o Sambódromo da Marquês de Sapucaí o enredo A invenção da Amazônia, baseado no livro A Jangada, de Júlio Verne, através do imaginário humano e inspirado pelo poder inventivo e criativo do escritor, celebra no carnaval de 2023 os contadores de história da Amazônia. O carnavalesco mostrou no desfile a exuberância da floresta e fez um apelo pela sua preservação.



A escola contratou o intérprete Nêgo, irmão do puxador Neguinho da Beija-Flor, que já passou por diversas escolas do Grupo Especial e valorizou o samba da escola na avenida. O luxo das fantasias e a descrição do enredo mostrando a gigantesca extensão do Rio Amazonas deram o título a escola vermelha e branca de São Gonçalo.


A Unidos do Porto da Pedra obteve a nota total de 269,7 pontos. A segunda colocada foi a Unidos de Padre Miguel, com 2 décimos de diferença, com 269,5 pontos. O terceiro lugar ficou com a escola Inocentes de Belford Roxo, com 269,4 pontos.


Escolas tradicionais como a União da Ilha do Governador, São Clemente e Estácio de Sá, que já estiveram por vários anos na elite do carnaval carioca não conseguiram voltar ao Grupo Especial.


Das 15 escolas que se apresentaram na Série Ouro, as duas últimas colocadas foram a Lins Imperial e a União de Jacarepaguá, rebaixadas para a Série Prata.


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.




POLÍTICA