Buscar

Assistência Social não é caridade



Caro leitor você sabe o que é Assistência Social? Primeiramente não devemos confundir com Assistencialismo (caridade, filantropia ou troca de favores). A Assistência Social é um direito do cidadão e dever do Estado; são serviços de natureza diversa para atender às necessidades de quem se encontra em situação de vulnerabilidade ou em risco social e pessoal.

O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) atua como a porta de entrada para quem necessita ter acesso ao o Sistema Único de Assistência Social (Suas). Famílias que necessitam de proteção devem procurar o mais próximo do seu município.

Cada equipe do CRAS possui profissionais com conhecimentos necessários e fundamentais como parte integrante do processo de educação e capacitados no atendimento aos que precisam.

Sabemos que ainda vivemos numa sociedade carente de assistência e o quanto precisa ser feito para suprir necessidades de uma população com um histórico de escravidão, exclusão e submissão como a nossa. No entanto, não podemos e nem devemos nos resignar por ter a impressão em algum momento que nada é feito por parte do Estado e seus governantes.

Temos o dever de exercer a nossa cidadania com ações que nos assegurem uma efetiva democracia e sem retrocessos dos direitos conquistados ao longo da nossa trajetória. Para mim é fundamental acreditar que é possível que o forte seja justo.

Considero o Código de Ética do assistente social riquíssimo e selecionei um que atesta a nossa função: “XI. Exercício do Serviço Social sem ser discriminado/a, nem discriminar, por questões de inserção de classe social, gênero, etnia, religião, nacionalidade, orientação sexual, identidade de gênero, idade e condição física.”

Somos capazes de construir uma sociedade na qual todos os cidadãos sejam capazes de serem emancipados e senhores dos seus próprios destinos. Sou impulsionada nessa direção e apaixonada por ter escolhido uma profissão tão rica e diversificada.

Esqueçam aquela imagem que foi construída em torno do assistente social, como sendo aquela moça boazinha e caridosa. Temos a função de lutar pelo fim das desigualdades, buscando sempre a equidade e justiça social e sim, somos trabalhadores assalariados e também lutamos pelos nossos direitos.

#ARTIGOS #CRISTIANASOUZA

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon