Buscar

Transporte em São Gonçalo e o segredo do dinheiro infinito



Sim, o 2º maior fluxo de pessoas entre cidades no Brasil fica aqui. Circulam entre São Gonçalo e Niterói cerca de 120.300 pessoas toda semana, seja para estudar, trabalhar ou ambos. Nosso movimento pendular é o vice-campeão brasileiro, de acordo com o último Censo de 2010, feito pelo IBGE.

Repetir que o estado do Rio tem a 2ª maior zona metropolitana do país é mais que redundante. Entretanto, ver que o trecho Niterói – São Gonçalo é o segundo mais “quente” do Brasil, causou surpresa. Nos últimos 5 anos, especialmente após a criação do Comperj, é provável que os números tenham crescido ainda mais, dando ao nosso eixo a posição de uma das regiões mais lucrativas para o mercado de transportes. Afinal, a mobilidade urbana é uma das questões mais urgentes aqui e em todo país.

Por pouco, os deslocamentos entre o Rio e Duque de Caxias não empatam com São Gonçalo. Se existe um lado bom para eles, talvez seja o fato da Supervia constituir mais uma opção de transporte para os caxienses. O serviço está distante da eficiência, mas é uma opção. Se levarmos em consideração que a cidade do Rio, mesmo com maior número de habitantes, possui outros modais como barcas, metrôs e trens em circulação, talvez, numericamente, sejamos os maiores reféns dessa máquina de dinheiro infinito chamada “empresas de ônibus”.

Chegar à essa conclusão olhando os dados de um órgão público, deixa ainda mais evidente que a má vontade política aliada à máfia dos transportes é o maior entrave na implantação das barcas e metrô. Pragmaticamente, pensando no mercado, a rentabilidade dessas concessões só tenderia a crescer pois, como não é difícil prever, uma vez que a população começa a usar estes modais na mobilidade entre as cidades, a tendência é aumentar a frequência com o uso.

A verdade é que quem deteve o segredo do dinheiro infinito durante tantos anos vai fazer de tudo para não perder a máquina. Agora é aguardar as cenas dos próximos capítulos. “Linha 3? No, no, no!”

#ARTIGOS

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon