Buscar

Metodologia de Projetos nas Escolas é possível?



A visão da concepção pedagógica tradicional, ainda dominante, busca pela imposição da disciplina como parte fundamental para o sucesso educacional, na memorização dos conteúdos como forma de apropriação dos conhecimentos tidos como essenciais.

Adotar um enfoque transdisciplinar permite conceber a aprendizagem como um processo de indagação, no qual se relacionam diferentes campos de conhecimento e de saberes. A transdisciplinaridade como conhecimento de si e do mundo.

A abordagem baseada em projetos busca “abrir os olhos dos alunos para o mundo que os aguarda”, uma vez que ela leva à colaboração tão necessária em todos os ramos de atuação profissional para dentro da sala de aula. Pesquisar é o ato de procurar respostas a perguntas ou informações. A pesquisa contribui para a construção do conhecimento. Na Educação, a pesquisa deve ser uma atividade capaz de produzir um conhecimento “novo” a respeito de um determinado assunto, relacionando as informações obtidas ao conhecimento de mundo. Dois fatores são essenciais para que isso ocorra: o aluno deve ser sujeito da educação e o professor, o mediador desse processo.

Alguns imaginam que esse desafio começa apenas na fase acadêmica, quando o estudante é levado a produzir textos próprios, sobretudo uma monografia ou tese. No entanto, essa prática deveria começar desde cedo. Grande parte da defasagem do ensino se dá pelo fato de que os alunos são forçados a repetir o que está nos livros, sem muitas vezes encontrar significado para isso. Consequentemente, outro fator que traz grandes dificuldades no momento de redigir textos acadêmicos é falta do hábito da escrita. Escrever é um hábito que vai sendo aprimorado no seu exercício contínuo. Existem coisas que, quando são aprendidas desde cedo, fazem enorme diferença por não deixar lacunas na formação do indivíduo.

A partir de qual idade professor pode começar a adotar projetos?

Não existe idade certa. No caso de alunos mais novos, deve haver um maior direcionamento por parte do professor, porque as crianças não são tão independentes. No ensino médio, eles já têm mais condições de desenvolver um trabalho em que podem traçar seu próprio caminho.

O que os professores devem fazer antes de começar?

Primeiro é preciso pensar pequeno e não começar com trabalhos que durem o semestre todo, porque vai ser desafiador demais para administrar. Um bom começo é adotar um tema já ensinado no passado, que se domina bem, mas que não trouxe satisfação com o jeito com que os alunos se envolveram. É a oportunidade de contornar esse problema e despertar o interesse das crianças desde o inicio, de um jeito em que não fiquem só memorizando, mas pensem antes de fazer algo. Três perguntas são essenciais para se iniciar: O quê? Por quê? Para quê?

Que dicas pode-se dar para um professor que queira iniciar o trabalho com projetos neste ano letivo?

Em primeiro lugar não se começa um projeto esperando coisas maravilhosas no final sem que seja estabelecido um acompanhamento contínuo. Estar ao lado de todo o processo é a principal medida que se deve tomar. Todos os momentos é preciso ir atrás do que os alunos estão fazendo, o que entenderam e como estão preparados para enfrentar o que vem pela frente. Além disso, o professor deve fazer verificações constantes para ajudar no plano de aula e, assim, saberá quais pontos são mais desafiadores, em quais os alunos estão com dificuldade e se isso é um problema com o grupo ou restrito a um único aluno. Essa avaliação, chamada de formativa, deve acontecer ao longo do projeto e não precisa de mais tempo e nem de muitos recursos. No fim, o professor também não ficará surpreso com o que foi apresentado, porque o bom trabalho final é resultado de toda a avaliação contínua que ele desenvolveu junto aos alunos.

#WILSONVASCONCELOS #ARTIGOS #EDUCAÇÃO

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon