Buscar

Eleições OAB: quando um gesto passado semeia um apoio presente



Este ano, em novembro, terão eleições para a Seção e para as Subseções da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Rio de Janeiro e, claro, em todo o Brasil.

Aqui na terrinha as coisas andam meio esquisitas para o lado da Chapa Nova OAB, vencedora das últimas três eleições. O atual presidente, José Luiz Muniz, indicou a advogada Rosilene Alonso à sua sucessão, mudou de ideia e depois desindicou.

Muniz, com saúde debilitada, decidiu que ele mesmo será o seu sucessor. Pela terceira vez. Os motivos para a desindicação de Alonso bem que poderiam ter saído da cabeça de um pároco do interior no século XIX. Mas isso não vem ao caso... Ou vem? A campanha, que começa um junho, vai dizer.

A tradicional (e desgastada) chapa Colmeia começa a disputa com 200 votos. As abelhinhas não polinizarão muito mais que isso.

E por fim, a grande novidade do certame 2015: a chapa OAB Independente, da trepidante Adriana Brandão. Ela, que já vem provocando dissidências tanto na Colmeia como na Nova OAB em apoio ao seu nome, vem costurando apoios importantes nas sociedades politica e civil de São Gonçalo.

O mais importante deles é o apoio do 'Grupo dos 12' da Câmara de Vereadores, liderado pelo habilidoso vereador Marlos Costa, candidatíssimo a prefeito e de malas prontas para sair do PT.

Ontem, porém, outro importante apoio foi sacramentado: da presidenta do Sindicato dos Servidores (Sindspef), Rosangela Coelho.

Na sala da presidenta, duas mulheres debatendo política e propostas futuras da OAB sob a presidência de Adriana para a cidade. Em determinado momento, Rosangela, pede a palavra e faz uma declaração: Quando soube que você iria disputar as eleições decidi apoiá-la. Não porque soubesse do seu programa porque ainda não o sei. Mas por gratidão e pela pessoa que você é...

Rosangela, que em 2012 ajudou a organizar o debate entre os candidatos a prefeito na OAB, sofreu todo tipo de resistência. Mas o debate ocorreu, foi um sucesso e nenhum reconhecimento à Rosangela, ao Sindspef e às outras entidades organizadoras. Menos de uma pessoa, Adriana, que puxou Rosangela num canto e disse: esse debate não aconteceria se não fosse você.

Depois dessa revelação, lágrimas da advogada e lá se foi a maquiagem...

Política também tem lá o seu lado doce e gentil.


(Acompanhe as publicações do Daki no Facebook. Curta aqui).

#HELCIOALBANO #POLÍTICA #ARTIGOS

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon