O privilégio de ser palhaço: Tá certo ou não tá?