Buscar

Café com Política: Graça e Mulim se (re)aproximam



Nós amamos a política, não é mesmo? O prefeito Neilton Mulim não anda lá muito bem das pernas frente ao seu eleitorado, mas o instinto de sobrevivência política do chefe do executivo busca equilibrar as coisas. E o seu ponto de equilíbrio se chama Graça Matos e o PMDB.

Mulim, que tem frequentado mais a casa da ex-deputada que o prédio da Feliciano Sodré nº 100, acredita que a única chance de se reeleger é com apoio do Palácio Guanabra, de preferência no ninho do PMDB do governador Pezão e do manda-chuva da legenda Jorge Picciani.

Picciani hesita com a entrada do prefeito no PMDB, um "fardo pesado", é o que correligionários ouvem do presidente da Alerj. Mas Picciani ofereceu a Mulim o PP do vice-governador Francisco Dornelles e um pacto de não agressão no primeiro turno.

Enquanto isso dá-lhe capuccino, biscoitinho e telefonemas na casa de Graça.

VALORIZADO

O passe do vereador Marlos Costa está mesmo valorizado. Ele, que já está de malas prontas para pousar sereno no PSD, recebeu mais dois convites de peso de filiação partidária.

VALORIZADO II

Primeiro foi o baixinho Romário que ofereceu o PSB para que o parlamentar dispute a prefeitura no ano que vem. Depois, a oferta partiu de Otavio Leite, presidente do PSDB.

TRETA

Dois vereadores do Catarina (são cinco ao todo) subiram o tom um contra o outro e não há previsão de se jogar água na fervura. Fortes emoções até as eleições do ano que vem.

PS: a charge é do grande Moises Oliveira, nova aquisição do Daki que nos ofereceu só uma provinha do que vem por aí.

Atualização 15/09 em 13:00 hs: Marlos não vai para o PSD.

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.


#POLÍTICA #HELCIOALBANO

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon