Buscar

A escola como espaço social



A escola é o local de educação, ensino e aprendizagem. A educação sendo reconhecida como direito humano e universal é fundamental para que de forma contínua e progressiva possamos construir uma sociedade justa e igualitária.

A contribuição do Serviço Social na área da educação, especificamente na escola onde existe uma grande demanda em atender os desafios vividos nos dias atuais, e sendo o assistente social um profissional que trabalha no sentido educativo de revolucionar consciências, de proporcionar novas discussões, de trabalhar as relações interpessoais e grupais se torna necessára a sua atuação no espaço educacional.

As reformulações que possam acontecer na educação são inconcebíveis sem a transformação também no quadro social. Não cabe apenas apontar o que está errado, mas também de maneira propositiva apontar caminhos que nos leve a uma política de educação emancipatória e a superação da alienação da qual fomos “moldados” para atender ao sistema capitalista do trabalho.

A universalização da educação e a universalização do trabalho são peças fundamentais, sem as quais não pode haver solução para a autoalienação do trabalho.

Para que possamos comprender a educação presente é fundamental que se entenda como historicamente esta foi sendo construída, no contexto da Revolução Industrial, da necessidade em qualificar os jovens pelo Sistema S ( Senac/Senai) entre outros e sem a perspectiva da construção de um cidadão pensante e atuante dentro de uma sociedade elitista e burguesa.

Distanciando-se de uma posição reprodutivista, o importante filósofo Mészáros advoga que não basta simplesmente reformar o sistema escolar formal estabelecido, porque isso traduziria apenas uma mudança institucional isolada. “O que precisa ser confrontado é todo o sistema de internalização, com todas as suas dimensões, visíveis e ocultas”.

Devemos portanto, desafiar as formas atualmente dominantes de internalização existentes no sistema educacional formal, pôr em execução urgentemente uma atividade coerente e sustentada na direção da criação de uma alternativa ao que já existe.

Temos que ter coragem para reconstruir a realidade hoje posta nas escolas, lutar pela valorização e universalização do ensino público, pois acredito nas transformações das quais somos capazes em conseguir.

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.​​


#ARTIGOS #CRISTIANASOUZA #EDUCAÇÃO

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon