Buscar

Ação Social atendeu dezenas de moradores no Marambaia.


O projeto sociocultural Juntos Somos Mais promoveu na manhã deste último sábado (16), uma ação social que atendeu moradores do bairro Marambaia, São Gonçalo. O evento que reuniu dezenas de pessoas aconteceu das 8h às 14h no Ciep-121 prof. Joadélio Codeço. Os moradores encontraram serviços socioassistenciais oferecidos pelo projeto que tem como principal objetivo promover a inclusão social.


Em parceria com a prefeitura de São Gonçalo, a Ampla, Attitude Danças e outros voluntários o projeto levou diversão, informação e saúde aos moradores.

A Ampla Energia e Serviços S.A participou do projeto orientando o uso adequado de energia e prestando esclarecimento aos consumidores, já a prefeitura de São Gonçalo participou do evento disponibilizando uma unidade odontológica móvel (UOM) para aplicação de flúor, orientações sobre higiene oral.

O espaço de dança Attitude Danças, realizou uma apresentação com seus alunos que deram um show a parte com CIA Attitude de dança, o grupo que usou e abusou da criatividade.

Os moradores que estiveram no evento contaram com os serviços de manicure, corte de cabelo, doação de roupas e sapatos e o atendimento jurídico e social.

A assessora da comissão da defesa dos direitos da mulher na Alerj e representante da União Brasileira de Mulheres (UBM), Isabella Nanubia também esteve presente orientando as pessoas quanto à violência doméstica e sexual, discriminação e esclarecendo com material informativo sobre a lei Maria da Penha.

“Denunciar os casos de violência contra a mulher também é exercer a cidadania, nós devemos denunciar sim, para que as mulheres parem de sofrem violência na nossa cidade”, disse Isabella Nanubia.


A vice-prefeita Mariângela Valviesse também prestigiou o evento.

De acordo com a Mariângela, o movimento é facilitar com acesso de serviços e benefícios a uma determinada comunidade e promover ação social especialmente nos lugares que às vezes não tem tanto acesso aquilo que nós podemos trazer nessas ações.

“Se tratando de uma cidade como São Gonçalo, temos bairros que são mais beneficiados e outros que não tem o mesmo beneficio, pela distancia ou pela dificuldade. Toda ação quando é feita com essa intenção, de levar para próximo do cidadão bens e serviços que naquele dia pode fazer uma mudança de vida na história daquela pessoa, essa ação é muito bem vinda”, declarou Mariângela.

Segundo o professor de canto e violão da Academia de Música e um dos coordenadores do projeto Valdinei Santos da Mota, o projeto começou em Setembro de 2014, em Santo Antonio de Pádua e uma das maiores motivações é levar a cultura e a arte nos cantos mais carentes, aonde não chegam.

“Trabalhar com o social é trabalhar com o bem de todos nós, inclusive nós mesmo que estamos inseridos neste contexto social, a gente fazendo o bem para os outros, estamos fazendo o bem para nós mesmo”, declarou Valdinei.


De acordo com a idealizadora e uma das coordenadoras do projeto Juntos Somos Mais, Paula Tanga, o projeto visa a transformação através da cultura, levando solidariedade para as comunidades carentes, onde são desenvolvidos trabalhos de oficinas, balé, sapateado e teatro, devido a necessidade das pessoas.

“É um trabalho que enobrece e diminui o contraste social que há na sociedade. A importância de uma ação como essa é levar a conscientização para a população, levar cultura e oportunidade para pessoas carentes”, concluiu Paula.


MARCOS MOURA

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.


#CIDADE

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon