Buscar

OAB promove debate com a cúpula da segurança pública do RJ



A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de São Gonçalo promove no dia 26 de julho, terça, debate sobre o panorama da segurança pública no estado e no município. Na mesa de debates confirmaram presença o delegado do DPA Niterói-Cabo Frio Sérgio Caldas, a deputada e ex-chefe da Polícia Civil Martha Rocha, o atual comandante do 12º Batalhão de Niterói, coronel Fernando Salema, os vereadores Marlos Costa e Alexandre Gomes e o secretário de Segurança do Rio de Janeiro José Mariano Beltrame.

O debate ocorre num momento delicado em que os índices de violência e criminalidade crescem em todo o estado e particularmente no município de São Gonçalo, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP). "A presença do secretário Beltrame na cidade será importante para termos uma real dimensão dessa epidemia de violência e criminalidade que está apavorando a população, além de sabermos que tipo de providência o estado está tomando para, se não resolver por completo, amenizar este problema", comentou o vereador Marlos Costa, um dos debatedores que estarão presentes.

Como consequência das severas restrições impostas à execução orçamentária do governo do estado, a Secretaria de Segurança Pública havia recebido até o início deste mês apenas 20% da verba de R$ 9 bilhões prevista para 2016 e policiais e bombeiros chegaram a ter seus salários atrasados.

Isso se refletiu na piora das condições de trabalho dos profissionais, na falta de recursos para a manutenção de frotas e equipamentos e até mesmo no atraso de programas de incentivo aos profissionais do setor que, na prática, funcionavam como um complemento salarial para policiais civis e militares. Por conta de todos esses problemas, Beltrame soltou uma frase polêmica em 12 de julho: "Como é que eu vou exigir que o policial saia para a rua, arrisque a vida e se comprometa com uma sociedade e com um Estado, se esse Estado não paga?"

Especialistas apontam para o caos financeiro do Rio como a principal causa para o aumento dos casos de violência e criminalidade, principalmente os índices de assaltos a transeuntes e roubo de veículos, além das ações cada vez mais ousadas de traficantes pela disputa de território, como ocorreu nos bairros de Amendoeira, Pacheco e Anaia. "Todos nós sabemos que o contingente da Polícia em São Gonçalo é muito aquém do que necessitamos. O que não pode é sob o pretexto das Olimpíadas tirar da gente o pouco que nós temos. Isso não aceitamos, é perpetuar essa eterna indiferença das autoridades cariocas com o nosso município", protestou o vereador Alexandre Gomes, que também representará o parlamento gonçalense no debate.

O debate começará às 16 horas e será realizado no auditório da OAB/SG, na Travessa Euzeliana, 100, Zè Garoto. O auditório tem capacidade para 300 pessoas.

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.


#CIDADE #SEGURANÇAPÚBLICA #SÃOGONÇALO #MARLOSCOSTA #ALEXANDREGOMES

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon