Buscar

Neiltômetro: veja aqui o alinhamento de cada vereador em relação ao prefeito

Atualizado: há 13 horas

O prefeito Neilton Mulim não tem do que reclamar da Câmara de Vereadores durante todo o seu mandato. Dos 27 vereadores, pelo menos 21 garantiram vida mansa ao governo, aprovando até projetos polêmicos como antecipação de receitas - os famosos créditos suplementares - e alienação dos bens da prefeitura para fins de penhora do patrimônio público. A tropa de choque do prefeito na Câmara é formada pelos vereadores Lecinho, Mariola, Gilson do Cefen e Capitão Nelson. Lecinho é o líder do governo e substituiu Sergio Gevu em julho de 2015, num momento delicado para o governo, fortemente pressionado pelos vereadores oposicionistas, principalmente Alexandre Gomes, Marlos Costa e Marcos Rodrigues, que por pouco não emplacam a CPI da merenda.

No infográfico abaixo é possível visualizar o alinhamento político de cada vereador durante o mandato em relação ao prefeito. Quanto mais perto das extremidades, mais situação ou oposição. Veja:

Da esquerda para direita (oposição): Alexandre Gomes, Marlos Costa, Dudu do Catarina, Marco Rodrigues, Professor Paulo e Diego São Paio. Centro: Dinei Marins. Centro/Situação: Pericar, Cici maldonado, Dr. Chateaubriand, Armando Marins, Geiso do Castelo, Russo da Marmoraria. Situação Moderada: Fábio Farah, Maciel, Thiago da Marmoraria, Dilvan Aguiar, Marcelo Drumond, Misael da Flordelis, Situação: Iza, José Vicente, Dejorge, Mariola, Capitão Nelson, Gevu, Gilson do Cefen e Lecinho.

OPOSIÇÃO NÃO DEU TRÉGUA AO PREFEITO

Embora gozasse de maioria tranquila na Câmara, o prefeito tinha contra si uma diminuta mas barulhenta e contundente oposição como há anos o mundo político da cidade não via.

Foi graças aos vereadores de oposição que a sociedade gonçalense ficou sabendo da real dimensão do problema da merenda nas escolas, dos serviços superfaturados e do rombo nas contas públicas que, este ano, já passa de 200 milhões de reais.

Alexandre Gomes/Foto: Divulgação

Foi da Câmara, pela boca do mais ferrenho adversário de Mulim, Alexandre Gomes (PSB), que surgiu a alcunha de “prefeito pinóquio”. Junto com Gomes, compõe o grupo de oposição os vereadores Marlos Costa, Marco Rodrigues, Professor Paulo, Dudu do Catarina e Diego São Paio, que em 2015 abandonou o barco do governo.

A TAREFA INGLÓRIA DE DEFENDER O GOVERNO

Lecinho/Foto: Divulgação

Um vereador ser líder de um governo bem avaliado pode ser o paraíso, mas líder de um governo mal avaliado é o inferno para qualquer político. Foi em águas turvas de um governo vacilante que o vereador Lecinho Breda (PMDB) teve que navegar desde julho de 2015. Lecinho, não raras vezes, subia à Tribuna para apelar aos colegas governistas que defendessem o prefeito dos ataques da oposição, que sempre pegou pesado. Vida dura.

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.

#POLÍTICA #ELEIÇÕES2016 #SÃOGONÇALO

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon