Buscar

A São Gonçalo real está muito além do Centro, afirma Massoto



O produtor cultural e compositor Rafael Massoto, como publicado ontem no Jornal Daki, realmente está de malas prontas para São Paulo, mais precisamente para cidade de Lins, no interior do estado.

Segundo o produtor, ele sai de São Gonçalo para trabalhar com o maestro paulista Alex Mancha, com quem irá gravar dois Cds com suas composições. "O Alex Mancha é o cara que tem tudo pra ser um nome nacional no cenário da música, é um maestro de rua sem formação acadêmica, pois na real é a academia que tem que estudar ele", afirma empolgado Massoto.

Fizemos um bate-papo onde ele fala de suas perspectivas e lamenta não poder ter ido à "São Gonçalo real", que está muito além do Centro.

Por que tomou a decisão de sair de SG para viver e trabalhar em SP?

Eu preciso dar a minha vida a oportunidade de enxergar o tanto de coisas lindas que há por aí. Eu sempre sou muito bem recebido em São Paulo, e São Paulo sempre se mostrou generosa comigo, mas a minha paixão é Lins. Lá tenho uma base concreta e tenho certeza que em Lins tenho uma história pra construir com meus amigos que lá estão. Os talentos que estão despontando de lá me animam muito. A decisão de ir pra lá vem de uma esperança profunda de contribuir com um momento especial que Lins está vivendo.

Qual a maior dificuldade para se produzir em SG?

Sinceramente não acho difícil produzir em São Gonçalo. O grande problema em São Gonçalo é comunicação. Como eu queria poder a cada evento ter um cronograma pra percorrer os 93 bairros desse lugar que eu amo. Precisamos levar informação. São Gonçalo é um mundo e eu fico restrito ao centro da cidade. Eu me lamento de não conseguir ir na São Gonçalo real que é muito além do centro da cidade. Tenho certeza que em cada bairro dessa cidade tem muita gente sedenta por arte e querendo mais acesso.

O que você espera encontrar em SP?

Espero encontrar em São Paulo muita luta e nenhuma facilidade. Vou com a convicção que nada será fácil. Já tenho muita coisa pra fazer por lá e as coisas que já estão programadas pra acontecer me fazem enxergar o quanto de solidariedade existe no mundo. A união que existe lá é surpreendente e o meu amigo Alex Mancha é o articulador de muita coisa boa que acontece por lá. O Alex Mancha é o cara que tem tudo pra ser um nome nacional no cenário da música, é um maestro de rua sem formação acadêmica, pois na real é a academia que tem que estudar ele. E eu quero participar dessa história com o Alex Mancha.

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.


#RAFAELMASSOTO #CULTURA #SÃOGONÇALO

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon