Buscar

Eleições: jogo sujo e baixarias dominam reta final em SG



Uma gigantesca 'onda' de chorume eleitoral tomou a campanha do 2º turno em São Gonçalo. As agressões, calúnias e o jogo sujo transbordaram das redes sociais e foram parar na ruas. Só nos últimos dois dias o TRE foi obrigado a agir e tirar de circulação dois jornais com ataques infundados contra a candidatura de José Luiz Nanci (PPS). Os jornais Página Gonçalense e O Legislador, punidos pelo TRE, são controlados por apoiadores do candidato Dejorge Patrício (PRB).

Ontem (28), segundo informações do jornal Extra, a Justiça Eleitoral interferiu no ringue de ataques na disputa pela Prefeitura de São Gonçalo e suspendeu a propaganda gratuita de Patrício que seria exibida na TV. O juiz eleitoral Carlos Eduardo Diniz puniu o candidato por considerar que ele apresentou "informações inverídicas" e "caluniosas" contra o adversário José Luiz Nanci, narrou o Extra.

Nas redes sociais, além das montagens fotográficas toscas de lado a lado e pesquisas fajutas, a mentira corre solta. E uma das maiores vítimas do jogo sujo é o Abrigo do Cristo Redentor e novamente José Luiz Nanci. Na corrente da mentira compartilhada por fakes, cretinos e inocentes úteis, há a afirmação de que a inadimplência do estado com o Abrigo é culpa do candidato do PPS. O presidente da instituição, Josias Ávila Junior teve que vir a publico várias vezes em sua conta no Facebook para desfazer a mentira.

- O convênio do Abrigo é com a Fundação Leão XIII que nada tinha a ver com a Secretaria de Envelhecimento Saudável comandada por José Luiz Nanci que, aliás, fez o que pode por nós, implantando uma Academia da Saúde para nossos idosos. Isso tem que ficar esclarecido - disse Ávila Junior.

Para o cientista político Helcio Albano, o vale tudo é comum em retas finais de campanha, e por isso mesmo o TRE deve ficar mais atento com esse tipo de ação que não engrandece em nada a campanha e o eleitor:

- O jogo sujo na reta final de campanha é uma espécie de patrimônio às avessas no jogo eleitoral em São Gonçalo. Tinha diminuído nas últimas duas campanhas, mas esse ano voltou com força total, infelizmente. Porém, deve se separar o que são manifestações espontâneas da militância do que é claramente estimulado pelos comandos de campanha, que parece que foi o caso onde o TRE atuou - disse Albano.

O TRE possui uma página na internet para denúncias dos eleitores. O eleitor também pode fazer a denúncia pelos telefones 21-99533-5678 (WhatsApp) e 21-3436-9999. Constatadas irregularidades ou abuso de poder, o candidato pode ser impugnado e, se caso eleito, ter o mandato cassado.

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.


#POLÍTICA #JOSÉLUIZNANCI #SÃOGONÇALO #ELEIÇÕES2016

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon