Buscar

Nanci anunciará secretários nesta segunda



O prefeito eleito José Luiz Nanci concedeu sua primeira entrevista depois das eleições à TV Ponto de Vista ontem (5) no programa Bom Dia São Gonçalo. Aos entrevistadores revelou já existir um grupo de trabalho em sua casa preparando a transição do governo.

Amanhã (7), Nanci se encontrará com o prefeito Neilton Mulim para preparar oficialmente a transição. No mesmo dia o prefeito eleito deve anunciar seus colaboradores mais próximos nas secretarias. Apenas Desenvolvimento Social e Educação estão ocupadas pelos vereadores e ex-candidatos Marlos Costa e Diego São Paio.

Na entrevista Zé Luiz (como gosta de ser chamado) falou de tudo um pouco, mas focou no que para ele serão áreas prioritárias: saúde, educação, mobilidade e segurança pública. Na saúde, reafirmou o compromisso de reorganizar o complexo hospitalar Luis Palmier e reestruturar os PAMs de Neves e Coelho com médicos especialistas.

O prefeito eleito também cogitou a criação de parcerias público privadas para aumentar o número de leitos no município. Nanci tentará com prefeitos das cidades vizinhas Niterói e Itaboraí criar um consórcio de saúde metropolitano. Já está agendada reunião com o prefeito eleito de Itaboraí, Sadinoel, na sexta, 11, com esta finalidade.

Na educação serão criadas 10 escolas-modelo de ensino integral que farão parte de um projeto-piloto que será expandido gradualmente para as outras escolas. O projeto inicial contemplará as escolas nas áreas mais carentes da cidade, que terão atividades de saúde, esporte e cultura nos contraturnos. O sistema centralizado de merenda, que tanta dor de cabeça trouxe ao atual prefeito, será extinto. Cada escola ficará responsável pela compra e produção da merenda de seus alunos, como feito anteriormente.

Para José Luiz Nanci as áreas de segurança pública e mobilidade serão as mais sensíveis, porque precisarão de uma articulação com as esferas estadual e federal para a cidade. Mas Nanci garante que já pode ser criado em centro de monitoramento por câmeras em parceria com o 7º Batalhão e a ampliação e treinamento da Guarda Municipal de acordo com a lei 13.022, que prevê o armamento dos GMs. "Isso iremos tratar com a maior responsabilidade", observou Nanci. A melhoria da iluminação também faz parte do programa de segurança pública do governo.

Sobre mobilidade urbana, o governo irá produzir estudos de engenharia de tráfego para desafogar o trânsito assim como sincronizar os sinais nas vias mais movimentadas da cidade. Em relação à construção do viaduto no Jardim Catarina e a ligação do bairro com a Trindade, serão necessários recursos da União para a realização das obras. Nanci conta com a sua bancada em Brasília para atrair esses investimentos no curto ou médio prazos.

Para vencer todos esses desafios, o prefeito eleito afirmou que irá equipar e fortalecer a Secretaria de Fazenda, que ficará responsável por fazer as auditorias em todos os contratos da Prefeitura e elaborar um programa de ampliação da arrecadação de tributos municipais através do IPTU e ISS para aqueles que ainda não são contribuintes. Para economizar, serão ainda diminuídos o número de secretarias e de cargos comissionados, além da possível venda de terrenos e prédios ociosos para fazer caixa.

Ao contrário do que vinha se especulando, Nanci não vai fundir as secretarias de Educação e Cultura, e prometeu revitalizar o Centro Cultural (Lavourão) que na prática se transformou em unidade administrativa, desfigurando sua função original. O Teatro Municipal será terminado em sua gestão: "É um crime contra o patrimônio público deixar obras inacabadas. Existem várias na cidade nessa situação", lamenta.

O prefeito eleito ainda garantiu que os meios de comunicação gonçalenses terão atenção especial do governo, sendo canais permanentes entre os gestores e a população. "Falam aí muito de 'nova' política, mas irei resgatar a 'velha' política, que é andar nas ruas e estar entre o povo. Se eu não estiver lá, não saberei dos problemas. Um dia irei almoçar numa escola, tomar o café da manhã no Pronto Socorro. Assim será minha rotina. Não vou mudar o meu estilo de vida. Eu sou de andar na rua", disse o amante dos jogos de dominó na Praia das Pedrinhas.

Zé Luiz, que é médico e sempre exerceu a profissão mesmo sendo parlamentar, disse que agora as coisas serão diferentes: "O médico dessa vez vai entrar de licença. Vou ser 100% prefeito e estar perto do povo".

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.


#JOSÉLUIZNANCI #SÃOGONÇALO #POLÍTICA

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon