Buscar

Nanci assume prefeitura com energia cortada, lixo e salários atrasados



Hoje, primeiro dia útil do mês, São Gonçalo acordou com novo prefeito e imensas dificuldades herdadas. A sede da prefeitura e outros prédios administrativos estão com energia cortada desde sexta-feira. O lixo, que já vinha acumulado ao longo do mês, não foi recolhido na semana passada. Os servidores continuam com o 13º atrasado e o prazo de pagamento para o salário de dezembro vence na próxima sexta-feira, 6.

Em sua posse, realizada ontem (1) na Câmara de Vereadores, José Luiz Nanci elegeu esses três problemas como prioridade neste início de governo. Em seu discurso, lembrou das dificuldades que enfrentou e superou na vida, e como prefeito, disse, não será diferente:

- Eu enfrentei grandes desafios na minha vida: na juventude superei problemas cardíacos, fiz uma faculdade de medicina, há dois anos venci um câncer de próstata e na primeira semana de campanha, fraturei o pé. Pensei em desistir, mas com a ajuda de minha esposa (Eliane) e amigos, fomos em frente e vencemos a eleição. Como prefeito não será diferente. Vamos encarar e vencer esses problemas com a ajuda de todos, população e vereadores - Disse Nanci.

A Enel (antiga Ampla) cobra uma fatura que pode chegar a R$ 35 milhões, segundo informou fontes do antigo governo. Hoje pela manhã, e às escuras, Nanci recebeu representantes da Enel para negociar uma solução. Sem luz, a primeira rodada de negociação ocorreu na calçada superior da prefeitura sob olhares incrédulos de curiosos. Com essa atitude, o prefeito já começa a impor o seu estilo de governo de maior proximidade com a população, como havia prometido na campanha.


Para resolver a questão do lixo, Nanci tem duas alternativas: entrar em acordo com a atual empresa (Marquise) ou contratar em caráter emergencial outra empresa de recolhimento até ser feita uma licitação para contratação definitiva dos serviços. A Marquise alega dívida de R$ 30 milhões da prefeitura com a empresa, que se arrasta há mais de 6 meses.

O ex-prefeito Neilton Mulim teve sérios problemas no Tribunal de Contas (TCE) que chegou a multá-lo por prorrogar os contratos emergenciais com a Marquise ao longo de seu governo. As multas, que são pessoais, já ultrapassam 2 milhões de reais.

Em relação ao servidores, Nanci poderá ter um alívio esta semana. O Tesouro Federal vai repassar proporcionalmente aos municípios quase R$ 5 bilhões referentes às multas de repatriação do dinheiro ilegal descoberto no estrangeiro. Como as contas da prefeitura estão bloqueadas pela Justiça, os recursos devem ser usados prioritariamente para o pagamento dos salários dos servidores. São Gonçalo irá receber R$ 3,5 milhões. Dinheiro será depositado hoje.

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.


#SÃOGONÇALO #JOSÉLUIZNANCI #POLÍTICA

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon