Buscar

Em reunião com prefeito, artistas expõem carências do setor de dança



Nesta semana, a classe artística de dança do município se reuniu com o Prefeito José Luiz Nanci para apresentar os projetos que a Fundação de Artes de São Gonçalo (Fasg) tem para o setor.

O secretário municipal de Cultura e Turismo e presidente da FASG, Carlos Ney Ribeiro e representantes de diversas companhias de dança puderam expor as necessidade e carências da classe artística. Na pauta também foram discutidas as melhorias necessárias ao Teatro Carequinha, anexo ao Colégio Municipal Ernani Faria, em Neves.

De acordo com a Superintendente da Fasg, Kátia Fajardo, no dia 23 de março, cerca de 20 academias participaram de uma ação no Clube Tamoio para arrecadar fundos para a melhoria do Teatro Carequinha e, com o dinheiro, deram início ao projeto, adquirindo uma mesa de iluminação digital, utilizada nas apresentações de dança e de suma importância.

Ainda na reunião, diretores de academias de dança conversaram com Nanci e falaram sobre questões ligadas ao Teatro Municipal de São Gonçalo, como projetos e apresentações futuras no novo espaço. Eles ainda frisaram a necessidade de patrocínios de transporte para deslocamento dos dançarinos, que facilitaria bastante a participação das companhias em diversos festivais e apresentações no Estado do Rio, por exemplo.

Segundo Kátia Fajardo, a classe artística de São Gonçalo, não só de dança – área em que ela atua, como diversas outras, estavam carentes de apoio do poder público e ter a oportunidade de selar uma relação de proximidade com o governo municipal dá ainda mais gás para continuar com os projetos artísticos em São Gonçalo.

- As companhias de dança e teatrais de São Gonçalo só fazem apresentações nas cidades vizinhas e, consequentemente, são os outros municípios que ganham com as receitas geradas. São Gonçalo ganharia muito, não só aumentando a receita para o setor cultural, como também fomentando a atividade na cidade - completou Kátia.

Para Carlos Ney, a união do poder público com a classe artística é de suma importância para a cultura gonçalense.

- A Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur) e a Fasg estão em constante busca de união com a classe artística e enxergam benefícios nas parcerias público-privadas. Ações como essa, voltadas para um melhor aparelhamento da cultura gonçalense, tem nos ajudado a superar as dificuldades encontradas - afirma o Secretário.

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.


#CULTURA #JOSÉLUIZNANCI #SÃOGONÇALO

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon